PLACAR

Ao lado de Romboli, Zormann vence a 1ª na ATP

Fernando Romboli e Marcelo Zormann (Foto: CJ Halloran/U.S. Men's Clay Court Championship)

Houston (EUA) – A parceria brasileira de Fernando Romboli e Marcelo Zormann estreou com vitória no ATP 250 de Houston, em quadras de saibro. Eles venceram nesta quarta-feira o italiano Luciano Darderi e o argentino Tomas Etcheverry por 6/3 e 7/5.

A vitória é ainda mais especial para Marcelo Zormann, que avançou em uma chave principal de ATP pela primeira vez na carreira. O paulista de 27 anos disputou nesta temporada seus primeiros torneios na elite do circuito, em Córdoba, Santiago e também no Rio Open. Ele está com seu melhor ranking no 110º lugar.

Já o parceiro Romboli tem um título de ATP no saibro de Umag, em 2021, ao lado do espanhol David Vega Hernandez. O experiente jogador de 35 anos é o atual 98º do ranking, estando dez posições abaixo do melhor ranking da carreira, alcançado em julho de 2022.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Jogando juntos, Romboli e Zormann já conquistaram três títulos de challenger, o mais recente em Santiago há três semanas, e disputaram outras três finais. Eles enfrentam nas quartas os australianos Andrew Harris e Rinky Hijikata, que venceram os norte-americanos Nathaniel Lammons e Jackson Withrow, cabeças de chave 2, por duplo 6/4.

Romboli e Zormann conseguiram duas quebras durante o primeiro set e enfrentaram apenas um break-point. A segunda parcial foi mais equilibrada. Os brasileiros seguiam pressionando o serviço dos adversários e criaram oito break-points. Mas antes de conseguirem a quebra definitiva, ainda salvaram um set-poin quando perdiam por 5/4, vencendo os três últimos games da partida.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
10 dias atrás

Parabéns Zorman!!!

Márcio
Márcio
9 dias atrás

Legal demais!! Com essa vitória Fernando se consolidando no top 100 e, por ora, indo pro n. 93. Marcelo beirando o top 100 (n. 107). Próxima partida difícil, Hijikata joga bem simples e duplas (top 80 nos dois rankings) e já foi campeão de Slam em duplas no AO 2023. Boa sorte aos brasileiros!

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
9 dias atrás

Zormann, não esmoreça, está no bom caminho e seus dias de glória ainda vão chegar

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE