PLACAR

Andreescu tem grande atuação e supera Osaka na grama

Foto: Libéma Open

‘s-Hertogenbosch (Holanda) – No tão esperado duelo entre Bianca Andreescu e Naomi Osaka na grama, a canadense levou a melhor e garantiu vaga na semifinal do WTA 250 de ‘s-Hertogenbosch. Andreescu marcou as parciais de 6/4, 3/6 e 7/6 (7-3) em 2h15 de partida.

“Acho que o nível de nós duas foi muito alto hoje. E disse a mim a mesma: ‘O que acontecer, aconteceu’. Tenho que dar o meu melhor e estou muito feliz por ter vencido”, disse Andreescu após a partida desta sexta-feira. Foi apenas o segundo duelo entre elas, sendo que Osaka havia vencido em Pequim no fim de 2019.

“Fui muito bem no saque e nas devoluções. Os dois primeiros golpes de cada ponto eram muito importantes”, avalia a canadense, que disputa apenas o segundo torneio no ano, recuperada de uma fratura por estresse nas costas. “Jogando contra uma adversária como ela, eu consigo medir em que nível estou. Por ser o meu segundo torneio no ano, não posso reclamar. Apenas agradecer a todos que me apoiaram hoje.

No encontro entre duas jogadoras de estilo agressivo, a partida começou com games rápidos e domínio das sacadoras até o empate por 3/3. Houve, então, uma longa interrupção por chuva. E na volta, Andreescu conseguiu a única quebra do primeiro set, utilizando bem os slices de forehand e backhand e também algumas curtinhas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Osaka conseguiu se impor durante a segunda parcial. A japonesa comandava os pontos com o forehand e colocava muita pressão desde as devoluções. Ela conseguiu duas quebras e chegou a liderar por 5/0, além de ter feito 11 winners contra apenas dois de Andreescu na parcial.

Andreescu chegou a liderar o último set por 5/2, novamente apostando nas variações. Osaka devolveu a quebra e buscou empate. A japonesa também abriu vantagem durante o tiebreak, mas a canadense foi mais sólida durante a partida e venceu os últimos cinco pontos. Osaka liderou a contagem de winners por 33 a 18, mas cometeu 36 erros não-forçados contra 16 de Andreescu.

Duelo com húngara na semi, Samsonova também avança

Campeã do US Open de 2019 e dona de três títulos no circuito, Andreescu tenta alcançar a sétima final da carreira e a segunda na grama. Ela foi vice em Bad Homburg há duas temporadas. Sua próxima rival será a húngara Dalma Galfi, que derrotou a sérvia Aleksandra Krunic por 7/5 e 6/3. Galfi, de 25 anos e 138ª do ranking, ainda busca sua primeira final.

Do outro lado da chave, Liudmila Samsonova avançou à semifinal ao derrotar a belga Greet Minnen por 6/4 e 7/5. Número 15 do mundo e cabeça 2 do torneio, Samsonova tem quatro títulos e três vices no circuito, um deles na grama de Berlim em 2022. Ela pode ter um duelo russo contra a bicampeã do torneio Ekaterina Alexandrova ou a jovem norte-americana de 19 anos Robin Montgomery. Esse jogo foi suspenso por chuva com apenas oito minutos de disputa, quando Montgomery tinha 1/0 no primeiro set.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Justos
Paulo Justos
1 mês atrás

Poxa, Naomi!

Foi muito bom ver as duas jogando. Só elas pra me fazer assistir um jogo da temporada de grama.

Neri Malheiros
Neri Malheiros
1 mês atrás

Não pude assistir ao jogo, mas deve ter sido lindo de ver estas duas competidoras que costumam entregar tudo em quadra. Como eu já tinha dito, pena que tiveram um confronto tão cedo, pois torço para que ambas logo estejam na briga novamente pelas posições de ponta.

Por favor, corrija aí redação, acredito que houve um erro de digitação e a conquista da Andreescu tenha sido em 2019.

Marcelo Guerreiro
Marcelo Guerreiro
1 mês atrás
Responder para  Neri Malheiros

Lindo? Foi um jogo cheio de erros não forçados, a Osaka deu o tiebreak de presente

Marcelo Guerreiro
Marcelo Guerreiro
1 mês atrás

Esquadrão Suicida do tênis feminino
Jelena, Alexandrova, Osaka, Tauson, Sakkari, Collins, Garcia, Pegula

Winner ou erro e mais erros

O jogo de ontem foi ruim.

Ramiro Cora
Ramiro Cora
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Guerreiro

kkkk… a sua amarga elegância é superlativa…. inigualável.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE