PLACAR

Almeida e Kohlmann vencem no quali, Victória é vice na dupla

Enzo Kohlmann (Foto: Luiz Candido/LuzPress/CBT)

Paris (França) – Os dois brasileiros que disputam o quali para o torneio juvenil de Roland Garros venceram suas partidas de estreia nesta sexta-feira. Havia possibilidade de rodada dupla para o paranaense Gustavo Almeida e o paulista Enzo Kohlmann, mas a chuva no fim do dia impediu a sequência da programação e eles jogarão no sábado por vaga na chave principal.

Almeida, de 18 anos e 59º do ranking mundial juvenil, estreia contra o romeno Stefan Horia Haita, 76º colocado, por 6/1 e 7/5. O atleta do Instituto Ícaro que tenta disputar o Grand Slam parisiense pela segunda vez e enfrenta no sábado o italiano Lorenzo Angelini, que bateu o norte-americano Noah Johnston por 3/6, 6/4 e 7/5.

Já Kohlmann, de 17 anos e 72º do ranking, venceu o duelo sul-americano contra o peruano Luis Jose Nakamine, 83º colocado, por 6/1 e 7/5. O paulista, que treina na equipe Juninho Tennis, enfrenta o italiano Daniele Rapagnetta, cabeça 2 do quali, que bateu o francês Victor Barreira Bonzom por 7/5, 3/6 e 6/2.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Gostei bastante do jogo, me senti bem em quadra, confortável e confiante, além de ter jogado bem taticamente. Agora é focar no jogo de amanhã para conquistar a vaga para a chave principal”

Os jogos do quali acontecem no Cercle Athlétique Montrouge. O sorteio da chave principal será no sábado e o jogos já começam no domingo, no complexo de Roland Garros, e já conta com Olívia Carneiro, Nauhany Silva e Guto Miguel.

Victória Barros fica com o vice na Bélgica

A juvenil potiguar Victória Barros ficou com o vice-campeonato de duplas do ITF J300 de Charlenoi, em quadras de saibro na Bélgica. A brasileira e a holandesa Rose Marie Nijkamp foram superadas na final desta sexta-feira pela norte-americana Kaitlyn Rolls e a belga Jeline Vandromme, principais cabeças de chave, por 6/4 e 6/2.

Aos 14 anos, Victória ocupa o 82º lugar no ranking mundial juvenil da ITF, marca que é a melhor de sua carreira. Ela recebe 157 pontos pelo vice-campeonato. O ranking considera os seis melhores resultados em simples e mais 25% das seis melhores pontuações nas duplas. A perspectiva é de que a brasileira ganhe até cinco posições.

João Lago é finalista na Bolívia, Dietrich e Moretti campeões de duplas

O paranaense João Lago está na final do ITF J60 de Tarija, em quadras de saibro na Bolívia. Ele venceu um duelo nacional contra Pedro Dietrich por duplo 6/1. Seu adversário na final será o paraguaio Alex Santino, algoz de Victor Rocha por duplo 6/4. Aos 17 anos, Lago é o número 200 do ranking juvenil, tem como melhor marca da carreira o 136º lugar, e busca seu terceiro ITF.

Na chave feminina, Ana Cruz perdeu a semi para a peruana Leticia Bazan por 6/4 e 6/2. Já a final de duplas masculinas teve quatro brasileiros e vitória de Pedro Dietrich e Felipe Moretti sobre Victor Rocha e Leonardo Storck por 6/3, 3/6 e 10-6.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE