PLACAR

Victória disputa final de duplas, brasileiros têm jogos adiados em RG

Victória Barros (Foto: Luiz Candido/CBT)

Charlenoi (Bélgica) – A juvenil potiguar Victória Barros garantiu vaga na final de duplas do ITF J300 de Charlenoi, em quadras de saibro na Bélgica. A brasileira e a holandesa Rose Marie Nijkamp venceram as tchecas Sarah Fajmonova e Amy Sucha por duplo 6/3 e enfrentam na final a norte-americana Kaitlyn Rolls e a belga Jeline Vandromme, principais cabeças de chave.

Aos 14 anos, Victória ocupa o 82º lugar no ranking mundial juvenil da ITF, marca que é a melhor de sua carreira. Ela tem apenas um título de duplas, em um J100 na Suíça no ano passado. Em simples, acumula outras quatro conquistas na última temporada, dois J30, um J60 e um J100.

O título de duplas na Bélgica dá 225 pontos para as campeãs e 157 para as vices. O ranking considera os seis melhores resultados em simples e mais 25% da soma entre as seis melhores pontuações nas duplas. A brasileira tem 75 pontos de duplas a descartar. Em simples, ela fez 60 pontos, por ter avançado uma rodada contra a top 40 Thea Frodin, o que não altera sua lista de melhores campanhas.

Chance de rodada dupla em Paris

Os dois brasileiros que estreariam nesta quinta-feira pelo quali do torneio juvenil de Roland Garros tiveram os jogos adiados por chuva. Com isso, há chance de rodada dupla para o paranaense Gustavo Almeida e o paulista Enzo Kohlmann em busca de vagas na chave principal.

Almeida estreia contra o romeno Stefan Horia Haita. Se vencer, pode enfrentar o Noah Johnston ou o italiano Lorenzo Angelini. Já Kohlmann terá um duelo sul-americano contra o peruano Luis Jose Nakamine. Em caso de vitória, pode enfrentar o italiano Daniele Rapagnetta, cabeça 2 do quali, ou o francês Victor Barreira Bonzom. Os jogos do quali acontecem no Cercle Athlétique Montrouge.

Quatro brasileiros nas semis na Bolívia

Já pelo ITF J60 de Tarija, em quadras de saibro na Bolívia, serão quatro brasileiros nas semifinais quartas. Principal cabeça de chave no masculino, João Lago venceu um duelo nacional contra Henrique Queiroz por duplo 6/2 e enfrentará Pedro Dietrich, que bateu o boliviano Santiago Lora por 6/4, 6/7 (5-7) e 6/4.

Também avançou Victor Rocha, que derrotou o argentino Bautista Leguizamon por 6/2, 4/6 e 6/2. Ele enfrenta o paraguaio Alex Santino, algoz de Guilherme Renner por 6/7 (4-7), 6/4 e 6/3. Na chave feminina, Ana Cruz venceu a paraguaia Aline Aveiro por 4/6, 6/4 e 6/1. Ela enfrenta a peruana Leticia Bazan.

Os dois brasileiros que estavam nas quartas do ITF J100 de Varnamo, em quadras de saibro na Suécia, se despediram do tonreio. Luiz Felipe Silva foi superado pelo chinês Fumin Jiang por 7/6 (7-4) e 7/6 (7-5). Já Stephan Noale caiu diante do indiano Rethin Kumar, cabeça 2, por 6/4 e 7/5

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE