PLACAR

Alcaraz vê evolução e mira revanche contra Marozsan

Foto: Katelyn Mulcahy/BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – Atual campeão do Masters 1000 de Indian Wells, o espanhol Carlos Alcaraz chegou ao torneio com muitas dúvidas pairando sobre si, primeiro pela condição física após uma torção no tornozelo na estreia no Rio Open, e também pela fase que não era das melhores. Após um susto na estreia, ele saiu de quadra muito mais contente com o desempenho apresentado em seu segundo jogo.

“Eu me senti muito bem em quadra, joguei tênis em um nível muito alto, muito superior ao da primeira rodada. Espero continuar subindo meu nível. Na estreia, eu sofri um pouco no primeiro set, não joguei meu melhor, mas encontrei um pouco o caminho. Hoje foi uma partida muito boa desde o início até a última bola”, analisou o jovem espanhol após bater o canadense Félix Auger-Aliassime.

“Minha confiança diminuiu um pouco e tenho lutado durante os treinos todos os dias, tento mantê-la no alto ou o mais perto disso possível. Foram meses difíceis para mim. Minha confiança diminuiu um pouco. Não depois da Austrália, mas na temporada sul-americana. Depois de Buenos Aires, não joguei um bom tênis”, analisou Alcaraz, feliz com o desempenho em sua segunda vitória em Indian Wells.

Seu próximo adversário na competição será o húngaro Fabian Marozsan, 54º do ranking, que mais cedo venceu o paranaense Thiago Wild, e que levou a melhor sobre o espanhol na única vez que se enfrentaram, batendo Alcaraz no Masters 1000 de Roma do ano passado.

“Depois daquela derrota, me senti muito mal, sabe. Depois daquela partida eu realmente queria a revanche contra ele. Sei que ele está jogando um ótimo tênis e está vencendo caras grandes provavelmente nos últimos meses. Mas estou realmente ansioso para jogar contra ele novamente”, afirmou Alcaraz, já pensando em devolver a derrota sofrida no único encontro entre eles.

O espanhol também falou sobre a condição do tornozelo. “Eu me movo muito bem. Não penso no tornozelo nas partidas e nem nos treinos. Mas fora de quadra, é claro que tenho que tomar cuidado com isso. Faço tratamento todos os dias no tornozelo e trabalhos específicos para minha recuperação”, explicou o jovem tenista.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rios
Rios
1 mês atrás

Se o Marozsan jogar no mesmo nível que bateu o Wild, Alcaraz volta mais cedo pra casa.

Paulo H
Paulo H
1 mês atrás

Está evoluindo, primeira entrevista em que não declara estar pensando somente na final contra o Djokovic.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE