PLACAR

Alcaraz supera oscilações iniciais, avança e encara Tiafoe

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – Com mais uma boa apresentação, Carlos Alcaraz já está na terceira rodada de Wimbledon. Depois de oscilar e quase se complicar em um primeiro set que parecia controlado, o espanhol imprimiu um ritmo avassalador a partir da segunda parcial e despachou o australiano Aleksandar Vukic, número 69 do ranking, com um triunfo por 7/6 (7-5), 6/2 e 6/2 em 1h48 de jogo.

Esta foi a primeira vitória de Alcaraz sobre Vukic na carreira, depois de ter perdido para o australiano no quali de Roland Garros em 2020, quando ainda tinha 17 anos e ocupava a 193ª posição do ranking. Em sua quarta participação em Wimbledon, ele chega à terceira fase pelo terceiro ano consecutivo, tendo como pior resultado a segunda rodada de 2021, na sua estreia no All England Club. Campeão no ano passado, ele também fez oitavas há duas temporadas.

Tentando chegar à segunda semana do torneio mais uma vez, ele terá pela frente um reencontro com o norte-americano Frances Tiafoe, que depois do susto da estreia, em que saiu atrás nos dois primeiros sets, ajustou melhor o saque e o jogo de base para barrar o croata Borna Coric, que vinha de vitória em cima de Felipe Meligeni em sets diretos, anotando as parciais de 7/6 (7-5), 6/1 e 6/3.

Alcaraz e Tiafoe estão empatados por 1 a 1 no confronto direto, mas não se enfrentam desde a épica batalha da semifinal do US Open de 2022, vencida pelo espanhol no quinto set. O rival levou a melhor em sets diretos na estreia de Barcelona em 2021. Este será o primeiro duelo entre eles na grama.

Vukic, por sua vez, não manteve o embalo na grama, depois de chegar à decisão do ATP 250 de Eastbourne na última semana vindo do quali, e acaba apenas igualando seu único resultado anterior em Londres, obtido no ano passado ao cair também em sets para o francês Quentin Halys na segunda rodada. O australiano de 28 anos tem agora três vitórias e nove derrotas em Grand Slam e nunca ganhou mais do que um jogo por edição em nove presenças neste nível de competição.

Alcaraz oscila no primeiro set, mas depois deslancha

O jogo começou da melhor maneira para Carlos Alcaraz. Firme nos games de saque, ele foi o primeiro a conseguir uma quebra e chegou a abrir 5/2 no placar. Na hora de fechar, no entanto, o espanhol foi muito mal e acabou perdendo o serviço de zero, permitindo o empate de Vukic na sequência. Para piorar, o atual campeão foi quebrado mais uma vez e correu sério risco de perder a parcial, mas ele reagiu rapidamente e levou a decisão para o tiebreak.

Na série de desempate, mais uma vez Alcaraz abriu larga vantagem e quase se complicou. Depois de ter 5-1, ele viu o australiano diminuir a diferença para 5-4 e ter dois saques em mãos. O espanhol acabou vencendo um desses pontos e depois fez sua parte com o serviço para fazer 1 a 0 no jogo.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Mais solto a partir da segunda parcial, Carlitos elevou o nível principalmente com o saque, saindo dos 62% de aproveitamento do primeiro serviço para 83%. Ele ganhou todos os 15 pontos em que acertou a primeira bola em quadra e perdeu apenas um ponto com o segundo saque. Impecável com o serviço, ele ainda aproveitou dois dos quatro break-points a seu favor para vencer o set de maneira tranquila.

Seguindo a mesma pegada da parcial anterior, Alcaraz começou o terceiro set pressionando o adversário e chegou à primeira quebra ainda no terceiro game, voltando a super o serviço de Vukic no quinto. Com enorme vantagem, ele não teve nenhum trabalho para fechar o jogo, terminando outra parcial com 100% dos pontos vencidos com o primeiro saque em quadra.

13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
11 dias atrás

Grandes possibilidades de defender o título

Renato
Renato
11 dias atrás
Responder para  Luis Vanderley Santana

Com certeza

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
11 dias atrás

Avançando sem desgastes

João Sawao ando
João Sawao ando
11 dias atrás

Acho que dessa vez o palhaço vai ser o Tiafoe…

Renato
Renato
11 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

É, será que ele tava nervoso quando falou dos palhaços? Declaração bem infeliz aquela.

Mateus Lucas Renan
Mateus Lucas Renan
11 dias atrás

Djokovic já teve ter começado a tremer…

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
11 dias atrás
Responder para  Mateus Lucas Renan

Assim como tremeu em RG, Cincinnati e Atp Finals em 2023.

Lee
Lee
11 dias atrás
Responder para  Mateus Lucas Renan

Djokovic não tremeu nem para Federer e Nadal mas agora vai tremer para Alcaraz. Sei que ele é 15 anos mais velho que o Alcaraz mas duvido muito que o Djokovic treme para algum adversário.

Thiago
Thiago
11 dias atrás

Eu gostaria que o Djokovic fosse campeão mas o Alcatraz vai defender o título… Ninguém para esse rapaz.

Luis Vanderley Santana
Luis Vanderley Santana
11 dias atrás
Responder para  Thiago

Tomara q sim

Fernando Venezian
Fernando Venezian
11 dias atrás

Próximo duelo interessantíssimo! Tiafoe tem um estilo ideal pra grama!

Rafael Lucena
Rafael Lucena
11 dias atrás
Responder para  Fernando Venezian

É fraco, acho que vai ser um 3 x 0 tranquilo.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
9 dias atrás
Responder para  Rafael Lucena

Rafael, fraco? Acho que vc não tá acompanhando o circuito

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE