PLACAR

Zverev lamenta erro do juiz e admite superioridade de Alcaraz

Foto: Julien Crosnier/FFT

Paris (França) – Quatro anos após disputar sua primeira final de Grand Slam, o alemão Alexander Zverev teve nova oportunidade de conquistar o primeiro título neste nível, mas acabou derrotado pelo espanhol Carlos Alcaraz na final deste domingo em Roland Garros. Na coletiva após o jogo, ele lamentou um erro da arbitragem no quinto set, mas também reconheceu a superioridade do rival.

“Sinto que me saí bem hoje. Houve uma situação muito infeliz no quinto set. Ouvi dizer que o saque dele em 2 a 1 foi ruim, vi pelos dados do Hawkeye. Se eu o tivesse quebrado ali… tive chances de quebra nos próximos games e poderia ter ido para o outro lado. Há uma diferença entre ficar 3/1 no quinto set ou 2/2”, comentou o alemão, que se sentiu prejudicado pela arbitragem.

“É uma diferença decisiva. É frustrante, mas não tem o que fazer. Os árbitros de cadeira cometem erros, são humanos e está tudo bem. Claro que em uma situação assim você gostaria que não houvesse erro”, acrescentou Zverev, destacando a bola fora de Alcaraz com o segundo serviço em 2/1 e 15-40, que seria uma dupla falta e consequentemente uma quebra de volta para o germânico.

Apesar da lamentação, o vice-campeão de Roland Garros enalteceu o rival e elogiou seu desempenho na decisão. “É isso, ele jogou incrível, melhor que eu no quarto e quinto sets, sinto que nesta final fiz tudo o que pude. No US Open (2020) eu meio que me entreguei, por isso é um pouco diferente”, analisou o atual número 4 do mundo.

“Nós dois somos fortes fisicamente, mas ele é uma fera. A intensidade com que joga é diferente dos outros. Ele pode fazer muitas coisas diferentes. Acho que mudou muito de tática no quinto set, começou a jogar muito mais alto e mais fundo, então não consegui colocar tanta potência. Tudo ficou mais lento, principalmente com as sombras na quadra. Ele é um jogador fantástico”, acrescentou Zverev.

O alemão acredita que o lado físico também fez uma leve diferença na reta final em favor de Alcaraz, tendo chegado a seu limite no quarto set. “Perdi a concentração e não tinha força suficiente nas pernas para sacar bem, algo estranho. Normalmente não me canso”, comentou o duas vezes vice-campeão de Grand Slam.

“Mais uma vez, Carlos tem uma intensidade diferente, então talvez seja esse o caso. Talvez eu tenha que olhar para a minha preparação, avaliar melhor como faço as coisas fisicamente. Sinto que, no que diz respeito ao tênis, estou em um nível decente, joguei de igual para igual nos três sets, mas depois baixei muito”, finalizou o germânico.

23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Sergio
Sergio
8 dias atrás

Acertei na mosca. Desde a semis acreditava numa final entre Alcaraz X Zverev. Acertei também os 5 sets, com 3X2 para o espanhol.
Parabéns ao Alcaraz e parabéns também ao Zverev.
Excelente final! E sem desrespeitar ao público, sem quebrar raquetes e com humildade por parte do alemão reconhecendo a vitória do Alcaraz. Muito diferente de alguns tenistas que só ficam de boa quando ganham.

Artur l
Artur l
8 dias atrás
Responder para  Sergio

Nossa vc acerta muito

Artur Ribeiro
Artur Ribeiro
8 dias atrás
Responder para  Artur l

Ele é a verdadeira mãe Diná do tênis.. kkkkkk

Flávio
Flávio
8 dias atrás
Responder para  Sergio

Então parabéns cara por ter acertado, agora acho que os sets longo que ele teve no decorrer do torneio pode ter feito a diferença negativa para Zverev.

Leonardo
Leonardo
7 dias atrás
Responder para  Sergio

Cara, o q vc fez é muito deficil… apostar que os melhores jogadores da semi se enfrentariam na final é algo incrível… faz um curso pra ensinar isso na internet!

Thiago Silva
Thiago Silva
7 dias atrás
Responder para  Sergio

Eu também, desde que terminou as semis cravei que a final seria entre os dois, depois do final do quarto set também cravei que a decisão seria no quinto set.

Flavio
Flavio
8 dias atrás

Realmente o erro foi gravíssimo, mas acredito que ele teria perdido mesmo com o 2 a 2 no quinto set.
Na minha opinião o desafio deveria existir no saibro também.

Paulo Gusso
Paulo Gusso
7 dias atrás
Responder para  Flavio

Mas se o árbitro não tivesse errado não seria 2 a 2… E sim 3 a 1 Zverev e saque…
Seria outro jogo… Afetaria o emocional e motivacional de ambos…

Mas o próprio Zverev disse… Erros acontecem…

José Nilton Dalcim
Admin
7 dias atrás
Responder para  Paulo Gusso

Não, o placar seria 2 a 2, com saque do Zverev.

Fla
Fla
7 dias atrás
Responder para  Paulo Gusso

Seria 2×2 porque Alcaraz tinha quebra acima. O placar não estava em igualdade.

mauricio
mauricio
7 dias atrás
Responder para  Flavio

Existe..roland garros que nao adota

Cacio Luiz Crozariolo
Cacio Luiz Crozariolo
8 dias atrás

O Zverev se disse preparado para esta final, após a final do USOpen e as experiências adquiridas nestes 4 anos. Na verdade o quinto set dele foi igual o da final com o Thiem a época, mesmos vacilos, segurou o braço e a bola encurtou. Em sua entrevista ele disse que acabou a energia, pode ter sido o psicológico. Ainda falta a vontade de campeão para um jogo desse peso.

Leonardo
Leonardo
7 dias atrás
Responder para  Cacio Luiz Crozariolo

Exato, nesse momento é colocar a faca nos dentes e ir para dentro. Se perder porque o adversario te ganhou, ok, faz parte. Mas perder porque segurou o braço é de doer. Apesar de o 5o set do jogo de ontem não ter sido tão ruim quanto o do USO, porque naquela final tanto Thiem como Zverev estavam jogando com o braço curtinho. Nesse RG Alcaraz aproveitou e se impôs.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
8 dias atrás

A oscilação do Carlos, a gente até entende! Apesar de ser um gênio, o espanhol é um molecão ainda! Agora, um campeão olímpico e de Finals, segurar o braço em dezenas de break points à favor, esperando o adversário errar, pô não dá pra tankar! O alemão terá insônia por muito tempo!

Luciano
Luciano
8 dias atrás

Zverev deixou a desejar após estar com 2 seta a 1. Caiu muito de produção. Acho que ele perdeu muito mais pra ele do que pro Carlitos! E foi um jogo muito aquém daqueles apresentados pelo Big 3. Se o Djokovic não tivesse se machucado, teria ganhado de qualquer um deles na final com sobra!

Leonel
Leonel
7 dias atrás

Finalmente o futuro chegou. Curti muito o big 3 mas já tava querendo algo assim. Talvez outro big 3(Sinner/Alcaraz/Zverev). Outra coisa cansativa tavA era o discurso apaixonados dos fãs do big 3. Bora lá.

Vitor
Vitor
7 dias atrás

Confio mais no olho do juiz do que no hawkeye. Nos mais de 10 anos que acompanho tênis ja vi muito erro absurdo nos desafios.

Douglas
Douglas
7 dias atrás
Responder para  Vitor

Mas essa bola foi fora mesmo juiz errou

Jff
Jff
7 dias atrás

Zverev disse que faltou pernas, poucos sabem mas ele tem diabetes tipo 1. Minha filha tem também, a hipoglicemia deixa a pessoa meio sem reações… talvez não seja isso, mas chegar a uma final de Grand Slam sendo portador de diabetes tipo 1 mostra que o cara é diferenciado! Parabéns Alcaraz e parabéns também Zverev!

Leonardo
Leonardo
7 dias atrás

Zverev perdeu pq enfrentou um jogador mehor técnica e mentalmente. Simples assim.

Vai vc jogar contra um cara melhor que você… vai perder. Pode até dar pressão no início, mas c nao vai levar.

Querer encontrar explicação diferente dessa é perda de tempo…

Jorge Luiz
Jorge Luiz
7 dias atrás
Responder para  Leonardo

O H2H tá 5/5

Sandra
Sandra
7 dias atrás

Zerev você é um grande jogador, torci muito por você,achei que seria você o campeão. Alcatraz é muito bom mas não torço pra ele nunca. Ele parece um bebê, o técnico é muito chato, não para de falar um minuto, o dia que o técnico parar de falar, será que saberá o que fazer.???

Sandra
Sandra
7 dias atrás

Desculpa, escrevi errado, Alcaraz!!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE