PLACAR

Wild faz só quatro games e perde em mais uma estreia

Foto: Cordoba Open

Buenos Aires (Argentina) – O início de temporada para Thiago Wild segue sem resultados positivos e o atual número 1 do Brasil sofreu mais uma eliminação na estreia de um torneio. Atuando no ATP 250 de Buenos Aires, Wild foi superado pelo italiano Andrea Vavassori, 152º do ranking, que marcou as parciais de 6/3 e 6/1 em 1h37 de partida.

Wild tem apenas uma vitória em oito jogos neste início de temporada, conquistada no quali do ATP de Adelaide. Em chaves principais, o paranaense de 23 anos e 83º do mundo perdeu nas estreias de Adelaide, Australian Open, Córdoba e Buenos Aires. Ele também não conseguiu vitórias defendendo o Brasil na United Cup na primeira semana da temporada.

Nas duplas, Wild jogará ao lado do argentino Sebastian Baez. Eles estreiam contra o romeno Victor Vlad Cornea e o austríaco Philipp Oswald. Em caso de vitória, podem enfrentar Marcelo Melo e o parceiro holandês Matwe Middelkoop.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Com desempenho ruim no saque, Wild cometeu quatro duplas faltas e enfrentou 15 break-points na partida. Além disso, fez apenas 9 pontos nos 25 jogados quando dependeu do segundo serviço. Depois de ter liderado o primeiro set por 3/2, o paranaense perdeu quatro games seguidos no primeiro set.

O domínio de Vavassori continuou na segunda parcial. O italiano confirmava tranquilamente seus saques e cedeu só dois pontos nos games de serviço e conseguiu duas novas quebras, chegando a liderar a parcial por 5/0, com nove games seguidos na partida. O italiano enfrentará o sérvio Laslo Djere nas oitavas.

55 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
Jorge Luiz
3 meses atrás

Terrível, horripilante

Evandro
Evandro
3 meses atrás
Responder para  Jorge Luiz

E ainda vai pegar nas duplas um romeno de nome Vlad, provavelmente da Transilvânia!! O terror só aumenta.

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
3 meses atrás

Derrota acachapante. Não viu a cor da bola. Quase não jogou com o primeiro serviço e levou um verdadeiro baile do italiano no fundo de quadra. Mais pro final do jogo, já no desespero, tentou subir a rede em várias bolas. Levou passada de tudo que foi jeito.

José Silva
José Silva
3 meses atrás

Péssima fase do wild!!! Desde que entrou no top 100 fez 14 jogos e perdeu 12!! Luz vermelha ligada. A defesa de pontos está chegando… Consegue perder jogos de maneira inexplicável… Na torcida!! Mas desse jeito fica difícil. Vamos acordar!

Leo, o realista
Leo, o realista
3 meses atrás
Responder para  José Silva

Talvez ele não seja um top80 ainda. Deve ter nível levemente acima do Monteiro, lá pra 120

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
3 meses atrás

Infelizmente continua com muita marra e pouco tênis,se não acordar logo pra realidade vai continuar ladeira abaixo e viver de algumas recordações,como a vitória sobre o Medvedev.

Márcio
Márcio
3 meses atrás

Parece que tá faltando confiança/motivação pro Wild. Acho que não resetou aquele jogo com o Rublev até agora. Claro, tudo no campo da suposição. O que posso cravar é que ele tem jogo pra ir bem melhor do que esse começo de temporada.

Fred Magalhães
Fred Magalhães
3 meses atrás

De fato, que coisa horrorosa. É verdade que tenis é na quadra, face to face, mas ou o cara entende que ninguém vai dar nada de graça e se vc quiser algo tem que arrancar das mãos do outro e se impor ou então, esquece, não vai a lugar nenhum. Wild hj foi péssimo, uma lástima.

Luiz Correia
Luiz Correia
3 meses atrás

Vencer quatro míseros games do número 152 do mundo. Simplesmente patético!
Tenista de Challenger que consegue uns brilharecos a cada três anos.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  Luiz Correia

Discordo no tenista de Challenger, de ITF 25 seria melhor, o resto concordo com tudo. A cada 3 ou 4 anos faz um jogo (Medvedev) ou um tornieo(atp do Chile), o tempo voa , a idade daqui a pouco chega. Nunca acreditei nele, falei 1000 vezes aqui, e tem gente que elogia,e critica o Monteiro ou Meligeni. Enganador de 1a. Pior que a pangarezada que o pessoal tem falado

Albert
Albert
3 meses atrás

João Fonseca, contamos com vc.

RENATA
RENATA
3 meses atrás
Responder para  Albert

Ja to contando com o Joao Fonseca. pq este Wild e um derrotado que logo que entrou no top 100, tirou uma mes de férias pra viajar. Isso só mostra que não tem capacidade pra subir mais que isto.

Bukele
Bukele
3 meses atrás

Depois que ganhou aqueles 2 Challengers na Itália ano passado, Wild “pifou”, não ganha mais nada. Não sei se a idéia de ir jogar em hard na Europa atrapalhou ou não, mas pode ter tirado o ritmo no saibro também. De toda forma, se continuar assim, voltará pros Challengers logo logo, a matemática não perdoa, o ranking não poupa ninguém. Ou começa a fazer alguns pontos nesses ATP ou não terá mais ranking pra jogá-los. Não pode ficar tomando sova em 1a rodada assim não

Última edição 3 meses atrás by Bukele
Refaelov
Refaelov
3 meses atrás
Responder para  Bukele

Eu penso q o estilo de jogo dele é sempre baseado em ataque/risco, logo, precisa de cabeça boa e confiança alta pra ser aplicado.. eu falo desde o ano passado q n acho sábio excluir a possibilidade de jogar CHL pra tentar realavancar a confiança.. Os próprios argentinos na msma faixa de ranking q ele jogam CHL costumeiramente..

Leandro Schulai
Leandro Schulai
3 meses atrás

E o Vavassori varrendo os brasileiros.

Pra mim excesso de erro de saque ou é contusão / desgaste ou nítido descontrole emocional.

Pra mim parece que ele não quer jogar esses torneios 250.

Tenta ganhar os pontos com 2, 3 trocas.

É meio desanimador.

Torcer pelo Fonseca semana que vem. Ganhar 1 partidinha e já escalar o ranking de foguete

Bukele
Bukele
3 meses atrás
Responder para  Leandro Schulai

Difícil de entender o Wild. Estava fazendo tudo certinho ano passado. Mostrou que aguenta trocação até com top 10. Aí quando vai jogar ATP regularmente, que é o desejo de qualquer tenista, começa a entregar a rapadura pra Dellien, Vavasori etc. Um grande tenista pegando esse tipo de jogador os destruiria rápido com 6/2 duplo. Não sei se o Wild se acha muito, mas ele devia entender q se não consegue despachar esse tipo de ralé da ATP ele não tem chance de nada

Thiago
Thiago
3 meses atrás
Responder para  Leandro Schulai

Putz, duro jogar essa responsa no colo do Fonseca. Ele vai jogar ATP 500, mesmo se pegar um quali, vai ser jogo pesadíssimo e uma vitória provavelmente seria a maior da carreira. A verdade é que ele tem muito potencial, mas é garoto ainda. Mas claro, vamos torcer. E, quem sabe, pro Wild botar a cabeça no lugar. Tem mais 2 ATPs aí pra tentar algo.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
3 meses atrás
Responder para  Thiago

O Monteiro apareceu para a torcida num Rio Open, quando venceu o Tsonga.

Leo, o realista
Leo, o realista
3 meses atrás
Responder para  Leandro Schulai

Possivelmente ele ainda está lidando com problemas físicos, até por isso não foi pra Davis. Deve estar jogando baleado pra recolher esses ótimos cheques de nível atp.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

nao consegue esconder a sua decepçao….prefere criticar a Bia…realista patetico

Pedro
Pedro
3 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Esse é fã mesmo kkkkk

PRGF
PRGF
3 meses atrás

O Wild não joga bem na quadra dura…
E no saibro parece que está na quadra dura… Rsrs

Última edição 3 meses atrás by PRGF
Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  PRGF

kkkkkkkkkkkkkk… na grama entao……..

Pedro
Pedro
3 meses atrás
Responder para  PRGF

Kkkkk

Julio
Julio
3 meses atrás
Responder para  PRGF

Nao joga nada em quadra nenhuma. Nosso melhor tenista? Estamos mal…

Gilvan
Gilvan
3 meses atrás

Quem poderia imaginar? Segue sem vitórias em 2024.
Fica cada vez mais claro que o Wild só vai se destacar pela agressão à ex-namorada. Em quadra? Zero.

Anderson
Anderson
3 meses atrás

Esse sujeito é LOUCO! Ganha de medvedev, quase elimina rublev e depois perde em todas as 1 rodadas de atp 250.

Paulo Mala
Paulo Mala
3 meses atrás

Rip tenis brasileiro. O último a sair que feche a porta

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
3 meses atrás

Que fase. Será que 2023 foi um ponto fora da curva. Bem decepcionante este início de 24

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

2020 ganhou um ATP…fora da curva. 2021,2022, 2024 .. normal

Leandro meneoli
Leandro meneoli
3 meses atrás

Mais um Bellucci…. potencial temos, bons golpes temos, cabeça e motivação, o que é isso?

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
3 meses atrás
Responder para  Leandro meneoli

Não tem nem como comparar a carreira do Bellucci com o Wild até agora. Nem de longe. Bellucci foi muito mais jogador.

Leo, o realista
Leo, o realista
3 meses atrás
Responder para  JONY MARCIO SANTOS

Nem tao longe assim. Se o Wild levar mais 3 atps, já empata. Tem idade e potencial pra levar mais de 3 .

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

kkkkkkkkkkkk rindo ate 2030….. duvido… foi pura sorte ganhar 1

Bricio Cunha Fagundes
Bricio Cunha Fagundes
3 meses atrás
Responder para  Leo, o realista

Ganhar mais 3 ATPs, moleza, coisa de piscar de olhos. Ainda tem as outras 4 finais, semi de ATP1000, várias vitórias contra top10 e pelo menos 5 anos terminando no top 40 do ranking. Tá quase lá o Wild. Esse Leonardo é uma máquina de publicar bobagens, é impressionante!

Leandro Oliveira de Menezes
Leandro Oliveira de Menezes
3 meses atrás
Responder para  JONY MARCIO SANTOS

Concordo contigo…. a comparação é com relação ao mental e não a carreira….. Wild ainda pode evoluir esse quesito e fazer uma carreira melhor…. Porque o pico do Bellucci foi alto (Top 30), mas a consistência foi péssima….

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
3 meses atrás

O Bellucci terminou 5 anos no TOP 40 , chegou a numero 21 do mundo, foi a final de 8 ATP , ganhou 4 . Foi as quartas na Olimpiada . Mesmo com um problema fisico que o atrapalhou a carreira toda.

Matheus
Matheus
3 meses atrás
Responder para  Leandro meneoli

Leia ” líbido dominandi”

Álvaro Canto de Campos
Álvaro Canto de Campos
3 meses atrás

Eu não vejo muita vontade no Wild
Parece que é um sacrifício para ele estar em quadra
Não se doa ao máximo
Isso é nítido

Sergio
Sergio
3 meses atrás

Tênis masculino, só tristeza……. O cara tem talento, mas nem tanto. Não tem cacife para ser instável como um kirgios ou Fognini.

Alexandre De Souza
Alexandre De Souza
3 meses atrás

E tem gente que reclama da Bia….

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás
Responder para  Alexandre De Souza

eh neh… incrivel isso… daqui a pouco falam mal do Guga e da MEB

Fábio H
Fábio H
3 meses atrás
Responder para  Alexandre De Souza

Pois é, Bia top 15 toma primeira rodada num 1000 os caras detonam, Wild top 80 toma primeira num 250 os mesmos caras passam pano… vai entender esses haters…

José Roberto
José Roberto
3 meses atrás

Se esse rapaz não reagir, a queda será vertiginosa. Ele tem muitos pontos a defender até RG e nesse embalo, o seu futuro será nos CHL.

Claudio
Claudio
3 meses atrás

Mais um candidato a balde e bolinha!

Leonel
Leonel
3 meses atrás

Se Wild pretende manter um bom ranking e ter o “prazer” de jogar contra os tops então precisa roer esses ossos(Delien,Vavassori e demais medianos pelo caminho). Caso contrario ele voltará a ser um mediano e tudo fica mais difícil em termos de ATP.

Refaelov
Refaelov
3 meses atrás
Responder para  Leonel

Ele tem mais 2 torneios ATP em saibro antes de IW/Miami.. se n fizer ao menos QF no Rio ou SF no Chile(e nada no momento indica q o fará) as chances de sair do top 100 após os Masters 1000 no USA são gigantescas..

Marcus Henrique
Marcus Henrique
3 meses atrás

Engraçado é ver algumas pessoas pintarem esse Wild como se fosse um “gênio” do tênis…simplesmente porque tem mais recursos técnicos que o Monteiro.

Técnica sem motivação NÃO VALE NADA. Se Wild tivesse 30% da garra do Monteiro, seria top 30. E se Monteiro tivesse 30% da técnica do Wild, seria top 20, com a garra que tem.

Última edição 3 meses atrás by Marcus Henrique
Refaelov
Refaelov
3 meses atrás
Responder para  Marcus Henrique

Galera bate muito nessa tecla de “motivação” como se ele ganhasse ou perdesse os jogos exclusivamente pelo interesse na partida..

Eu sinceramente vejo mto mais uma questão técnica e tática, o cara simplesmente entra em quadra pra tentar enfiar o forehand de qlqr lugar e qnd isso n da certo(e a tendência é n dar certo na maior parte dos jogos de nível ATP) n existe um plano B e acaba com esses placares constrangedores..

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
3 meses atrás

Tah ai um jogador de tenis brasileiro(a) que nem vejo jogo, ou acompanho pois nao da pra torcer, nao vale a pena perder tempo. Eu soh vejo o resultado final, quando termina o dia e aparece a materia aqui. Estou começando a ter doh dele, especificamente no tenis.

Neto
Neto
3 meses atrás

Opa….

Marco Antônio Varella
Marco Antônio Varella
3 meses atrás

É estranho. Seria como um time fazer jogo duro com o Manchester City e depois ser goleado por Portuguesa e Nova Iguaçu.

Aristóteles
Aristóteles
3 meses atrás

O mago do tênis tomou taca de novo de top 150 kkkkkkkk

Observador
Observador
3 meses atrás

Está difícil para o Wild ….. O negócio é passar uns tempos na Russia treinando … quem sabe lá toma aquele chá para acordar.

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
3 meses atrás

Supervalorizaram o Thiago na sua passagem para o profissional. Infelizmente até o momento viveu de algumas atuações realmente muito boas , mas totalmente inconsistente. O tenista profissional para atingir sucesso e constância , tem que ter uma série de qualidades e aparentemente algumas estão faltando. Neste mesmo post, já li quase de tudo . Alguns tem afinidade com ele, outros certamente não. É difícil torcer para alguém que entrega a rapadura muito fácil.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE