PLACAR

Vitória de Ostapenko faz letã ultrapassar Bia no ranking

Foto: Adelaide International

Adelaide (Austrália) – A derrota da paulista Beatriz Haddad Maia na primeira rodada do WTA 500 de Adelaide e a vitória da letã Jelena Ostapenko na estreia no mesmo torneio acabou custando à brasileira a 11ª colocação no ranking, que ficará com a campeã de Roland Garros em 2017.

Ostapenko teve trabalho contra a romena Sorana Cirstea, saiu perdendo e teve que lutar para buscar a virada com parciais de 2/6, 6/4 e 6/2. Cabeça de chave 6, ela terá agora pela frente a francesa Caroline Garcia, contra quem jogou uma vez e levou a melhor (Toronto 2019).

Ex-top 5, a letã de 26 anos pode voltar ao top 10 se vencer mais uma em Adelaide, superando também a tcheca Barbora Krejcikova, outra que não conseguiu passar pela estreia na competição. Mesmo se for mais longe e terminar com o título, Ostapenko não passará da 10ª colocação.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

A letã tem tênis pra permanecer no top 10 por muito tempo! Demorou pra ela voltar até

NFdS
NFdS
1 mês atrás

Na verdade, a Ostapenko nem precisava ganhar para ultrapassar a Bia, pois na próxima lista do ranking a brasileira vai perder 90 pontos por não ter avançado em Adelaide. Cairia uma posição de qualquer jeito.
Agora é torcer para a queda da Kudermetova e da Kasatkina que, em caso de boas campanhas, podem também passar nossa brava Bia!

Marcos Souza
Marcos Souza
1 mês atrás
Responder para  NFdS

Que mané ficar torcendo pelas quedas das tenistas? Se ela quiser uma boa colocação no ranking que passe a ser regular, ganhe jogos e não perca em primeira rodada de tenistas vindo de qualyng

Ubiratan (Black)
1 mês atrás
Responder para  NFdS

Elas são ótimas tenistas mas Samsanova era a pior ameaça depois de Ostapenko, por estar mais próxima, tinha o melhor posição de chaveamento e precisaria avançar menos. Kudermetova tá no caminho da Ribakina numa possível quartas e precisa chegar na final. Kasatkina ficou com o quadrante menos complicado com as derrotas de Krejcikova e Samsonova mas, além de uma possível Pegula na semi, tem que ganhar o torneio. Acredito que nada disso vai acontecer, apesar de não achar nada anormal, mais pelas dificuldades somadas dos confrontos esperados.
Ostapenko vencendo Garcia tá mais que merecido o top 10. Problema foi de Bia e Krejcikova que não avançaram e a consequência era praticamente inevitável.
Mas não há problema nenhum em torcer por Garcia, Townsend e Ribakina para o sarrafo do top 10 não subir muito.

Leo
Leo
1 mês atrás

Justíssimo. Joga bem mais bola. Infelizmente não cuida do físico como uma atleta de elite, senão poderia estar no escalão do big4.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  Leo

Cogite que ela tenha alguma doença hormonal! Não julgue sem saber

Leo
Leo
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Não sei se é doença, mas ela gosta de comidas e doces mesmo. Ela tem inclusive ums instagram de comidas feitas por ela. Esse aqui: https://www.instagram.com/jelena.ostapenko_baking
Provavelmente ela não leva a sério mesmo, já que ela tem esse hobby também

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE