PLACAR

Vidal para na semi, Candiotto e Pedretti são vice-campeãs

Letícia Vidal (Foto: Nelson Toledo/Fotojump)

Tucumán (Argentina) – De volta a uma semifinal de ITF após 11 após, a paulista Letícia Vidal acabou eliminada na penúltima fase do W15 de Tucumán, na Argentina. Neste sábado, a jogadora de 26 anos e 1169ª colocada na WTA foi derrotada pela paraguaia Ana Paula Neffa, número 603 do mundo e cabeça de chave 3 no torneio, com um duplo 6/1 em 1h36 de partida.

Ainda em busca de sua primeira final em competições profissionais, Vidal ficou afastada do circuito entre 2014 e 2022 e tinha como melhor resultado neste retorno às quadras as quartas de final no W15 de Lima no ano passado. Com a campanha no saibro argentino, ela somará seis pontos no ranking e se aproximará da faixa da mil melhores jogadoras do ranking. Sua melhor posição foi o 993º lugar há 11 anos.

Já na chave de duplas, a também paulista Ana Candiotto ficou bem perto de conquistar o seu nono título na especialidade e o primeiro no ano, mas acabou desperdiçando um match-point no tiebreak do segundo set e ficou com o vice-campeonato ao lado da boliviana Noelia Zeballos, com quem formou a principal parceria do torneio. Também neste sábado, elas levaram a virada da argentina Justina Gonzalez e da equatariana Camila Romero, terceiras pré-classificadas, que triunfaram com parciais de 4/6, 7/6 (8-6) e 10-8 após 1h59 de batalha.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Atual número 5 do Brasil nas duplas e 307ª do mundo, Candiotto perde a chance de somar 15 pontos e garantir sua estreia no top 300. Com os dez pontos a serem computados daqui a duas semanas, ela pode chegar até a 301ª colocação, uma acima de sua melhor marca, obtida no mês passado.

Pedretti também é vice nos Estados Unidos
Outra brasileira a disputar uma final de duplas neste fim de semana foi a paulista Thaísa Pedretti, que ao lado da norte-americana Malkia Ngounoue entrou como alternate na chave e terminou com o vice-campeonato do W35 de Spring, disputado sobre quadras duras no Texas. Elas foram derrotadas pelas também estadunidenses Whitney Osuigwe e Alana Smith, primeiras pré-classificadas do torneio, com um duplo 6/4 em 1h07 de partida.

Hoje ocupando a 705ª colocação no ranking da especialidade, Pedretti somará mais 23 pontos e pode subir mais de 80 posições, ficando por volta do 623º lugar. Seu recorde pessoal é 405º, registrado em 2022.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Tiago PW
Tiago PW
1 mês atrás

Parabéns meninas!

Torço para q evoluam constantemente!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE