PLACAR

Vice de 2023, Rublev amarga derrota precoce em Halle

Andrey Rublev. (Foto: Boss Open)

Halle (Alemanha) – Os altos e baixos de Andrey Rublev continuam. O campeão de Madri voltou a sofrer derrota precoce em torneio importante, desta vez batido logo na estreia do ATP 500 de Halle, onde defendia o vice-campeonato do ano passado.

O número 6 do mundo foi superado pelo norte-americano Marcos Giron, 53º, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-5), em jogo de 1h29. Apesar da perda de 290 pontos no ranking, o russo não corre risco de perder posições e portanto deve confirmar condição de cabeça 6 em Wimbledon.

Rublev começou a temporada com quartas de final no Australian Open, Roterdã e Doha e ainda fez semi em Dubai, mas daí viveu um período ruim com derrotas na estreia de Miami, Monte Carlo e Barcelona e na segunda rodada de Indian Wells. Aí reagiu em Madri. Porém, só ganhou depois um jogo em Roma e dois em Roland Garros.

No duelo contra Giron, contra quem somava duas vitórias anteriores, o russo perdeu o saque no quinto game e não aproveitou um break-point de reação em seguida. Saiu atrás no segundo set por 0/2 e por pouco não sofreu outra quebra no quinto game. Então se recuperou e virou para 6/4 e 6/5, mas sem que Giron desse brechas no seu serviço. O americano então disparou no tiebreak e só teve dificuldade para concluir, precisando de quatro match-points.

Giran aguarda agora o vencedor de Matteo Berrettini e Alex Michelsen. O vencedor irá cruzar nas quartas com Hubert Hurkacz ou James Duckworth. Em outra partida já finalizada nesta terça-feira em Halle, o francês Arthur Fills venceu o tcheco Tomas Machac, por duplo 6/4, e enfrentará o alemão Daniel Koepfer. Este é o quadrante do cabeça 2 Alexander Zverev.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE