PLACAR

Tsitsipas: “Treino mais que nunca, não tenho o que provar”

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Antuérpia (Bélgica) – O grego Stefanos Tsitsipas não vive um bom momento no circuito, desde o título no ATP 250 de Los Cabos, no começo de agosto, ele acumulou eliminações precoces e não conseguiu vencer dois jogos seguidos. Apesar da situação, ele garante que segue focado como nunca e chega para o ATP 250 da Antuérpia querendo deixar a má fase para trás.

“Tem gente que diz que não estou mais focado no tênis? Estou treinando mais do que nunca na minha carreira. Não tenho nada a provar e nem quero provar nada para ninguém além de mim mesmo. Quero apenas provar para mim mesmo que sou capaz de recuperar o meu nível. Acredito firmemente nele”, garantiu o número 7 do mundo.

Tsitsipas é o principal favorito ao título no torneio belga, estreando direto na segunda rodada. Ele espera pelo vencedor da partida entre o suíço Dominic Stricker e o holandês Botic van de Zandschulp. O jovem suíço foi seu algoz no último US Open, sendo que no retrospecto geral cada um tem uma vitória. Já o duelo entre Tsitsipas e o holandês seria inédito.

Nas últimas 10 partidas que disputou, o grego venceu somente quatro, caindo nas estreias do Masters 1000 de Toronto e do ATP 500 de Pequim e nas segundas partidas no US Open e nos Masters 1000 de Cincinnati e Xangai. Além disso, ele teve uma participação na Copa Davis contra a Eslováquia em que venceu Lukas Klien e perdeu para Alex Molcan.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE