PLACAR

Tsitsipas relembra polêmica com Kyrgios: “Não me arrependo”

Londres (Inglaterra) – Quase dois anos após a derrota sofrida para o australiano Nick Kyrgios na terceira rodada de Wimbledon de 2022, o grego Stefanos Tsitsipas voltou a falar sobre o jogo e seus sentimentos após levar a virada do rival em um jogo bastante conturbado, que rendeu troca de farpas entre os dois tenistas nos dias que sucederem o embate.

“Para mim aquele ano foi importante. Eu senti que meu tênis estava ótimo durante a temporada de grama. Se olharem para os meus resultados, posso não ter ido bem em Halle, mas ganhei o meu primeiro torneio de grama em Mallorca estava muito bem com o meu jogo ”, afirmou o grego em entrevista recente ao Express Sport.

Tsitsipas chegou no All England Club com grandes expectativas, até cruzar com Kyrgios, que o eliminou e depois foi até a final. “Tive uma grande vitória na segunda rodada contra Jordan Thompson, que é um jogador duro para vencer na grama. Então entrei naquela partida com Kyrgios acreditando que poderia causar muitos danos a ele e talvez até vencer”, lembrou o grego.

Após vencer o primeiro set no tiebreak, o grego encarou alguns bate-bocas com Kyrgios durante o jogo e o clima foi esquentando aos poucos. “Essas coisas que aconteceram me desconcertaram um pouco. Foi o melhor momento da minha carreira com o pior comportamento do outro lado, isso me fez sentir péssimo”, disparou Tsitsipas.

O grego garante que não se arrepende de nada do que aconteceu naquele dia. “ Olhando para trás, não me arrependo de nada. Acredito que isso me ensinou bastante sobre como me comportar dentro de quadra e como não permitir que me desconcentre, especialmente quando o oponente tenta fazer isso. Ele me ensinou que nunca devo levar as coisas a sério e que devo focar apenas em mim mesmo”.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Renato B
Renato B
18 dias atrás

Kyrgios fará um favor enorme ao tênis ao se aposentar. Seu mau comportamento supera em muito sua habilidade. Até raquete pra fora da quadra ele jogou, podendo atingir e machucar alguém que não tem nada a ver com seus “demônios”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE