PLACAR

“Tinha maiores aspirações no torneio”, lamenta De Minaur

Alex de Minaur (Foto: Tennis Australia)

Melbourne (Austrália) – Última esperança de título para o tênis australiano no primeiro Grand Slam da temporada, Alex de Minaur acabou eliminado nas oitavas de final. Depois de prometer trazer à tona o seu melhor tênis nesta segunda semana do torneio, o anfitrião foi superado pelo russo Andrey Rublev em batalha de cinco sets na Rod Laver Arena, com direito a um “pneu” na última parcial.

Frustrado com o resultado, o atual número 10 do mundo lamentou a queda e admitiu que tinha objetivos mais altos para atingir na competição caseira. “Uma partida muito dura para encerrar minha campanha aqui. Obviamente, tinha aspirações para fazer mais, mas meu tempo foi abreviado. A perspectiva muda com os resultados. Talvez no passado eu tivesse ficado um pouco satisfeito em chegar às oitavas de final, mas penso que poderia ter feito mais desta vez”, afirmou o australiano.

Apesar do revés, ele tentará usar as três vitórias em quatro partidas contra jogadores do top 10 neste início de 2024 como combustível para alcançar resultados ainda melhores ao longo do ano. Vale lembrar que na United Cup De Minaur bateu Taylor Fritz, Novak Djokovic e Alexander Zverev em sequência.

“É um pouco decepcionante estar sentado aqui depois de uma derrota na quarta rodada. Acho que dei muitos passos na direção certa e meu nível está ali. Levarei essas vitórias para me dar confiança. Mesmo na partida de hoje, joguei um ótimo tênis. É apenas o começo do ano e é importante ressaltar que se eu conseguir manter esse nível durante toda a temporada posso terminar onde quero”, reforçou.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Vc tá jogando demais, porém é preciso dar mais ênfase ao lado mental, meninão! O quarto set tava na mão e titubear contra um guerreiro como o Rublev é caixão lacrado!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE