PLACAR

Tchecos e canadenses seguem invictos na Davis

Jiri Lehecka (Foto: Divulgação)

Bolonha (Itália) – Na abertura da segunda rodada da fase de grupos da Copa Davis, as equipes do Canadá e da República Tcheca mantiveram a invencibilidade na competição e ficam mais perto da classificação para Final 8 da competição, que acontecem no mês de novembro em Málaga, na Espanha.

Atual campeão da Davis, o Canadá derrotou a Suécia por 3 a 0 e lidera o Grupo A, disputado em Bolonha, na Itália. A série começou com o experiente Vasek Pospisil superando Leo Borg por 7/6 (5-7), 5/7 e 6/2. Na sequência, foi a vez de Gabriel Diallo derrotar Elias Ymer por 6/4 e 6/3. Já no jogo de duplas, Alexis Galarneau e Vasek Pospisil venceram Filip Bergevi e André Goransson por 7/5 e 7/6 (7-3). Já nesta sexta-feira, o duelo entre Itália e Chile completa a segunda rodada do grupo.

Já a equipe tcheca lidera o Grupo C, disputado em Valência, na Espanha. Os tchecos derrotaram a Coreia do Sul também por 3 a 0. No primeiro jogo da série, Tomas Machac derrotou Seongchan Hong por 7/6 (10-8), 4/6 e 6/2 em partida com 2h48 de duração. E logo depois, Jiri Lehecka passou por Soonwoo Kwon com parciais de 6/1 e 7/5.

Nas duplas, Jakub Mensik e Adam Pavlasek derrotaram Jisung Nam e Minkyu Song por 3/6, 7/6 (7-5) e 6/4. Na rodada de sexta-feira fica terá o tão esperado duelo entre Espanha e Sérvia e uma derrota significa eliminação para o time da casa.

Holandeses também invictos, Austrália se recupera
A seleção holandesa também está invicta após duas rodadas no Grupo D, disputado em Split na Croácia. Eles venceram os Estados Unidos nesta quinta-feira. Botic Van de Zandschulp derrotou Tommy Paul por 7/6 (7-2) e 6/2, e logo depois Tallon Griekspoor superou Frances Tiafoe por 6/3, 6/7 (7-9) e 7/6 (7-3). Já na partida de duplas, Austin Krajicek e Rajeev Ram venceram Wesley Koolhof e Matwe Middelkoop por 6/7 (5-7), 7/6 (7-3) e 6/3. Derrotadas na rodada de estreia, Croácia e Finlândia buscam a recuperação nesta sexta-feira.

Já a Austrália se recuperou da derrota para a Grã-Bretanha e venceu a primeira na competição, superando a França em Manchester por 2 a 1. O canhoto Adrian Mannarino marcou o ponto francês ao derrotar Max Purcell por 7/6 (7-4) e 6/4, mas Alex de Minaur empatou o confronto ao derrotar Ugo Humbert por 7/6 (7-2) e 6/3. A definição ficou para a partida de duplas, com Matthew Ebden e Max Purcell vencendo Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin por 7/5 e 6/3. Na sexta-feira, o time britânico enfrenta a Suíça.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE