PLACAR

Strycova se despede nas mistas, Dabrowski faz semi

Strycova recebeu homenagens e teve a companhia do filho Vincent em seu último jogo (Foto: Manuela Davies/USTA)

Nova York (EUA) – O último jogo da carreira profissional de Barbora Strycova foi disputado nesta terça-feira, na chave de duplas mistas do US Open. A veterana tcheca de 37 anos e o mexicano Santiago Gonzalez foram superados nas quartas pela japonesa Ena Shibahara e o croata Mate Pavic por 6/4 e 7/6 (8-6). Após a partida, ela recebeu homenagens em quadra junto com o filho, Vincent.

Strycova foi número 1 de duplas por 27 semanas e bicampeã de Wimbledon na modalidade. O primeiro título foi ainda em 2019, com a taiwanesa Su-Wei Hsieh, e elas repetiram a conquista este ano. Ela venceu 32 torneios de duplas no circuito da WTA. Já na carreira de simples, tem dois títulos, seis vices e uma semi de Wimbledon em 2019.

Na última segunda-feira, Strycova e também tcheca Marketa Vondrousova tomaram a difícil decisão de se retirar da chave de duplas femininas. Vondrousova está nas quartas de simples e sofreu uma lesão no cotovelo esquerdo e tenta não arriscar antes do duelo com Madison Keys na quarta-feira. Bastante emocionada, ela diz que não queria prejudicar sua parceira, mas que Strycova compreendeu o momento.

Pela semifinal de duplas mistas, Pavic e Shibahara enfrentam a cazaque Anna Danilina e o finlandês Harri Heliovaara. A outra semi terá quatro tenistas dos Estados Unidos, Jessica Pegula e Austin Krajicek contra Taylor Townsend e Ben Shelton.

Grande virada de Dabrowski e Routliffe contra as favoritas

Pela chave de duplas femininas, a canadense Gabriela Dabrowski e a neozelandesa Erin Routliffe eliminaram a forte parceria de Taylor Townsend e Leylah Fernandez, finalistas de Roland Garros e cabeças 6, com parciais de 2/6, 6/3 e 7/6 (10-8).

Além da reção depois de terem perdido o primeiro set, Dabrowski e Routliffe jogaram com torcida contra no Louis Armstrong Stadium e perdiam o tiebreak do terceiro set por 7-2, mas venceram seis pontos seguidos e aproveitaram o primeiro match-point.

As próximas adversárias de Dabrowski e Routliffe podem ser as norte-americanas Coco Gauff e Jessica Pegula, cabeças 3, ou a taiwanesa Su-Wei Hsieh e a chinesa Xinyu Wang, campeãs de Roland Garros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE