PLACAR

Stefani segue firme com Brady e volta à semi em NY

Foto: Manuela Davies/USTA

Nova York (EUA) – De volta ao palco de sua primeira semifinal de Grand Slam, Luísa Stefani disputará mais uma vez a penúltima rodada nas duplas femininas do US Open. Melhor brasileira no ranking da modalidade e 14ª do mundo, Stefani e a norte-americana Jennifer Brady venceram nesta terça-feira a também anfitriã Bernarda Pera e a polonesa Magda Linette por 7/6 (7-1), 3/6 e 6/3 em 2h07 de partida.

Stefani já iguala seu melhor resultado em Grand Slam nas duplas femininas, a semifinal do US Open de 2021 ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. Na ocasião, ela sofreu uma grave lesão no joelho, que a afastou do circuito por mais de um ano. Já nas duplas mistas, a paulista de 26 anos conquistou em janeiro o título do Australian Open, em parceria nacional com o gaúcho Rafael Matos. Sem pontos a defender neste US Open, ela tem grandes chances de voltar ao top 10 após o torneio.

Existe a possibilidade de uma semifinal brasileira em Nova York. Para isso, Beatriz Haddad Maia e a bielorrussa Victoria Azarenka terão que vencer o confronto das quartas contra a alemã Laura Siegemund e a russa Vera Zvonareva, campeãs do torneio em 2020 e recentes vencedoras do WTA 500 de Washington. Essa partida só acontece na quarta-feira.

Mais um jogo definido em três sets

Dos quatro jogos que Stefani e Brady fizeram neste US Open, três foram definidos no terceiro set. Apenas a estreia, contra Anna Kalinskaya e Anastasia Pavlyuchenkova foi definida em sets diretos. Na segunda rodada, elas passaram 2h45 em quadra para vencer outra dupla russa, Veronika Kudermetova e Liudmila Samsonova. Já nas oitavas, elas passaram pela alemã Tatjana Maria e holandesa Arantxa Rus.

Diante de duas rivais que preferem o jogo de fundo de quadra, sendo que Pera é canhota, Stefani e Brady começaram atrás no placar e tiveram que reagir no primeiro set. As adversárias quebraram o serviço da brasileira no sétimo game e chegaram a liderar o placar por 5/3. Brady fez um ótimo game de saque no momento de maior pressão. E na sequência, ela e Stefani devolveram a quebra, com Linette no serviço. A polonesa foi advertida por abuso de bola e a dupla da brasileira foi muito superior no tiebreak.

Pera e Linette também começaram melhor na segunda parcial e abriram 3/0. E mesmo enfrentando games longos no serviço, permaneceram à frente no placar até o fim do set. Stefani e Brady devolveram a quebra no sétimo game, mas voltariam a perder o saque na sequência. As adversárias exploravam as subidas da norte-americana, evitando disputas na rede com Stefani.

Apesar de as adversárias terem conquistado uma quebra no início do terceiro set, Stefani e Brady retomaram o controle da partida. A combinação com a brasileira na rede e a norte-americana sustentando os ralis de fundo com seus golpes potentes, principalmente o forehand, mais uma vez deu certo e elas venceram quatro games seguidos. Com grande vantagem no placar, abriram 5/2. Já no último game da partida, Stefani encarou um 0-30 no saque e conseguiu reverter para fechar o jogo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE