PLACAR

Stefani e Schuurs vencem e disputam 1ª final do ano

Foto: Jimmie48/WTA

Doha (Qatar) – A parceria da paulista Luísa Stefani com a holandesa Demi Schuurs segue brilhando no WTA 1000 de Doha e já está na final. Nesta sexta-feira, as cabeças de chave número 5 fizeram valer o favoritismo e derrotaram as tchecas Marketa Vondrousova e Marie Bouzkova em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4, depois de 1h11 de confronto.

Na primeira decisão da parceria, Stefani e Schuurs terão como adversárias quem vencer a segunda semifinal do dia, que de um lado terá as norte-americanas Caroline Dolehide e Desirae Krawczyk e do outro a dupla da ucraniana Anhelina Kalinina com a chinesa Yifan Xu. Luísa Stefani, de 26 anos, tem oito títulos de WTA, incluindo dois torneios 1000, o primeiro em 2021 em Montréal e o segundo em Guadalajara no ano seguinte.

O começo de partida não poderia ser melhor para a brasileira e a holandesa, que anotaram duas quebras seguidas e venceram os cinco primeiros games da disputa. As rivais evitaram o “pneu” ao confirmar o serviço no sexto game, mas pararam por aí. Sacando em 5/1 para fechar, Stefani e Schuurs não vacilaram e levaram o primeiro set.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Stefani e Schuurs seguiram pressionando as adversárias na segunda parcial, perderam um break-point logo no primeiro game e converteram um no terceiro. Porém, as tchecas conseguiram devolver o break na sequência e depois ainda salvaram quatro break-points no quinto game e mais três no sétimo.

No oitavo, foi a vez da brasileira e da holandesa serem ameaçadas, salvando dois break-points para manter o serviço. Em seguida, Stefani e Schuurs voltaram a pressionar Vondrousova e Bouzkova, que perderam o saque em momento delicado. As quintas favoritas então foram ao serviço com 5/4 no placar e confirmaram para ficar com a vitória.

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jece vargas
Jece vargas
2 meses atrás

Jogaram demais! Força, garotas. Destaco o set1, quase sem erros; dois pontos num game do set2 (um pra cada time), numa aula de como se joga em duplas e o game de quebra (5×4, no set2), onde a Luisa voleou demais, e fechou com um winner de devolução, na paralela!

Adalberto
Adalberto
2 meses atrás
Responder para  Jece vargas

E a Bouzkova será adversária da 1ª Rodada de Dubai!
VQV Lu&Demi !!!

Arajaribu
Arajaribu
2 meses atrás

Bora pro título, Lu! Dupla voando!!

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
2 meses atrás

Estão arrasando, O duplinha que encaixou as potencialidades de cada uma. Avante!

Wilbert Ferraz
Wilbert Ferraz
2 meses atrás

Show! Bora copar!

Leandro Schulai
Leandro Schulai
2 meses atrás

E teve gente criticando essa parceria com a Schuurs. Ela joga muito e o jogo dela encaixa certinho com o da Luiza.
Chance enorme de um GS pra nossa Luiza esse ano. Ela merece muito muito muito.
Sou muito fã dela, menina humilde, batalhadora e muito talentosa!

Adalberto
Adalberto
2 meses atrás

Cheiro de título!
Impressionante o talento da Luisa para se encaixar em qualquer parceria!
VQV Lu&Demi!!!

Leo, o realista
Leo, o realista
2 meses atrás
Responder para  Adalberto

Na verdade, ela nao estava encaixando muito bem com nenhuma.
Teve várias parceiras no ano passado…
Mas vamos torcer para que agora dê certo.

Adalberto
Adalberto
2 meses atrás
Responder para  Adalberto

realista, ela não encaixou com uma fixa, nem mesmo a Dab, mas os resultados mostraram que mesmo mudando de parceira ela performou, veja:

Adelaide2: Stefani/Tonsed (Campeã)
Dubai: Stefani/Shuai Zheng (Campeã)
Berlin: Garcia (Campeã)
Wimbledon: Garcia (QF)
Cincinati: Pavlyuchenkova (QF)
US Open: Brady (SF)
Beijing: Ingrid (SF)

Evandro
Evandro
2 meses atrás
Responder para  Adalberto

Poderia ter puxado a ficha dela desde outubro de 22. Veriam ainda mais títulos, incluindo com a Dab.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
2 meses atrás

Que venha o primeiro título do ano.

Eduardo
Eduardo
2 meses atrás

Essa maré tá top demais, como mudou a Luísa da semana anterior (e mesmo do jogo da estreia), é outra jogadora, voando. O relacionamento extra-quadra com a Schuurs parece ser ótimo, isso reflete na quadra, o tempo todo as duas trocando ideias. Tecnicamente, se diz que o ideal da dupla é juntar uma fundista e uma voleadora, elas quebram esse paradigma, as duas se sentem mais a vontade na rede. Tá dando certo demais até agora (numa quadra de saibro talvez isso custe um pouco), que entrem com tudo na decisão (se for contra as americanas, o jogo deve ser duro, uma delas é a antiga parceira da Schuurs).

André Borges
André Borges
2 meses atrás

Parceria já é forte, se as cabeças caírem cedo elas sobram no torneio. Só confirmar o super favoritismo e copar. Muito merecido. A Luiza é uma autentica top10

Ubiratan (Black)
2 meses atrás

Bom demais! vamos pra cima das norte-americanas pegar esse título.
Agora, não entendo por que elas ainda não aparecem na Race da WTA. Se fosse só esse torneio, que aí iria esperar atualizar na segunda. Mas fizeram quartas do AO.

Ubiratan (Black)
2 meses atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

Complementando, já são as terceiras com essa final. Mas mesmo sem esse torneio, não as vejo lá no site.

Jorge Luiz
2 meses atrás

Sensacional

Márcio
Márcio
2 meses atrás

Nossa medalhista olímpica joga muito!!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE