PLACAR

Sinner mantém os 100% e Djokovic vai à semifinal

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – Apesar de ter entrado em quadra já classificado para a semifinal do ATP Finals, Jannik Sinner não baixou a guarda e conseguiu sua terceira vitória na semana em Turim, confirmando também o primeiro lugar do Grupo Verde com 100% de aproveitamento. Atual número 4 do mundo, o italiano derrotou o dinamarquês Holger Rune, oitavo colocado, por 6/2, 5/7 e 6/4 em 2h32 de partida.

Esta foi a primeira vitória de Sinner contra Rune no circuito, em três jogos disputados entre eles. O jovem jogador de 22 anos agora espera a definição do Grupo Vermelho, que já tem Daniil Medvedev classificado para a semifinal, mas ainda sem a definição se será primeiro ou segundo do grupo. A outra vaga será de Carlos Alcaraz ou Alexander Zverev.

O resultado também ajudou o número 1 do mundo Novak Djokovic a se classificar para a semifinal. Com duas vitórias e uma derrota na fase de grupos e nove sets disputados na semana, o sérvio precisava de uma vitória do italiano para seguir em busca do sétimo título do Finals. A única certeza para Djokovic é que ele não enfrentará Zverev, já que o alemão não tem chance de ser 1º de seu grupo.

O início de partida foi o melhor possível para Sinner, que conseguiu duas quebras e saiu vencendo por 4/0. O italiano soube se aproveitar das condições mais rápidas da quadra em Turim e conseguiu se impor com seu jogo agressivo e de muita potência nos golpes. Rune fez apenas cinco winners no set e cometeu 12 erros não-forçados, permitindo o domínio do italiano na parcial. Sinner terminou com 8 winners e só 3 erros.

O jogo ficou mais equilibrado a partir do segundo set e os sacadores vinham confirmando seus games de forma mais tranquila, com pontos definidos em poucas trocas. Depois de um break-point salvo para cada lado no início do jogo, Rune conseguiu a única quebra da parcial já no último game. O italiano novamente fez mais bolas vencedoras, 15 a 12, e cometeu um erro a mais, 12 a 11. Ambos os jogadores sentiam alguns desconfortos físicos, o italiano nas costas e o dinamarquês no joelho direito.

A perda da parcial não abalou a confiança de Sinner, que voltou a pegar o tempo de bola ideal para as devoluções e passou a pressionar o saque de Rune com maior frequência no set decisivo. O dinamarquês salvou três break-points em games distintos até o 3/3 e teve sua chance de quebra no oitavo game, mas errou uma devolução. Sinner manteve o serviço e logo depois conseguiu uma nova quebra para fazer 5/4, antes de definir a partida no saque.

Sinner liderou a estatística de winners por 33 a 29 e cometeu 26 erros não-forçados contra 36 de Rune. Nos aces, o dinamarquês fez 15 a 11. O italiano aproveitou três de suas dez chances de quebra e perdeu apenas um game de serviço.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE