PLACAR

Shelton busca virada e enfrenta Tiafoe em final local

Foto: U.S. Men's Clay Court Championship

Houston (EUA) – Final 100% norte-americana no ATP 250 de Houston, que terá de um lado o principal favorito ao título no torneio Ben Shelton e o cabeça de chave número 3 Frances Tiafoe. Os dois tenistas da casa venceram suas partidas deste sábado na semi e irão se enfrentar pela conquista do título no domingo.

Shelton foi o que teve mais trabalho para conseguir avançar para a final. Ele saiu perdendo para o argentino Tomas Etcheverry e teve que buscar a virada, gastando 2h29 para triunfar com o placar final de 6/7 (4-7), 6/4 e 6/4. O norte americano mais uma vez sacou bem, sofreu apenas uma quebra, conseguiu sete aces e terminou com 77% de aproveitamento.

Na outra semi do dia, Tiafoe passou mais tranquilo pelo italiano Luciano Darderi e resolveu o jogo em sets diretos, precisando de 1h34 para selar a vitória com parciais de 6/2 e 7/6 (7-2). Também com ótimo desempenho nos serviços, o anfitrião terminou o duelo com 73% de aproveitamento e sem sofrer quebras, salvando os dois break-points que enfrentou.

Os dois finalistas locais em Houston medirão forças apenas pela segunda vez no circuito. Shelton leva vantagem no curto histórico, tendo vendido o único confronto anterior com Tiafoe, no ano passado pelas quartas de final do US Open, batendo o compatriota por 3 sets a 1.

“Acho que foram necessários alguns games no segundo set para eu realmente começar a atingir meu ritmo. Fiquei frustrado como qualquer um ficaria com o resultado do primeiro set. O jogo no saibro anda um pouco mais devagar, você tem mais tempo para processar. Tentei usar isso a meu favor hoje e estou muito feliz por estar na final pela primeira vez aqui em Houston”, destacou Shelton.

Tiafoe saiu ainda mais satisfeito de quadra e já analisou o duelo na final. “Ótimo desempenho meu hoje. É um pouco diferente no saibro aqui em Houston, você pode jogar mais como uma quadra dura. Shelton é um grande jogador e tem um dos melhores saques do circuito. Será um jogo difícil e estou pronto para uma boa batalha”, comentou.

 

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE