PLACAR

Serena filosofa sobre mudanças do corpo e o amor próprio

Serena Williams com a filha Adira (Instagram)

Miami (EUA) – Casada há seis anos com Alexis Ohanian, co-fundador da plataforma Reddit e mãe de duas meninas, Olympia, de 6 anos, e Adira, de 5 meses, Serena Williams não se arrepende de ter se aposentado no US Open de 2022 para dedicar-se à família. Nesta segunda-feira, a dona de 23 títulos de Grand Slam e ex-número 1 do mundo, filosofou a respeito das mudanças no corpo advindas com a maternidade e a maturidade.

“Amar a si mesma é essencial. Acho que preciso me lembrar desse amor próprio em todas as diferentes fases da minha vida. No momento, adoro que meu corpo não seja perfeito. Adoro sentir cheiro de leite – esse leite sustenta @adriaohanian”, disse, referindo-se à filha caçula nascida em 22 de agosto do ano passado. “Adoro conhecer uma nova versão do meu corpo. É uma mudança, mas é uma mudança que valeu a pena. Então comece esta semana sabendo que você é amado e isso começa com você”, escreveu em suas redes sociais, antes de se despedir, dizendo que iria para a academia.

A ex-número 1 do mundo tornou-se mãe pela primeira vez em 2017, ano de nascimento da filha Alexis Olympia Ohanian Jr. Em várias entrevistas, Serena havia comentado que Olympia desejava uma irmã mais nova, desejo realizado no ano passado.

A última partida de Serena no circuito profissional aconteceu no US Open de 2022. Na ocasião, ela já havia anunciado que faria uma turnê de despedida aos 40 anos e recebeu justas homenagens nos torneios preparatórios e também em todas as rodadas que disputou em Nova York. Depois de ter vencido nas fases iniciais a montenegrina Danka Kovinic e a estoniana Anett Kontaveit, então número 2 do mundo, ela foi superada na terceira rodada pela australiana Ajla Tomljanovic, em jogo com 3h de duração.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE