PLACAR

Sakkari cede apenas quatro games e passa bem pela estreia

Foto: Kieran Cleeves/AELTC

Londres (Inglaterra) – Eliminada na estreia de Wimbledon no ano passado, a grega Maria Sakkari desta vez não deu chance para surpresas e passou bem pela primeira rodada no All England Club. Nesta segunda-feira, ela abriu sua campanha na competição derrotando a norte-americana McCartney Kessler em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1, em 1h13 de jogo.

Nona mais bem cotada ao título, a grega tenta pela primeira vez chegar à segunda semana em Wimbledon, único dos quatro Grand Slam no qual nunca chegou às oitavas de final. Suas melhores campanhas na competição foram três terceiras rodadas, em 2017, 2019 e 2022. Ela espera agora pela vencedora do duelo entre a chinesa Yue Yuan e a holandesa Arantxa Rus.

Caso consiga passar da terceira rodada pela primeira vez, uma das possíveis rivais de Sakkari nas oitavas é a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que fez valer a condição de 25ª pré-classificada e derrotou na estreia a norte-americana Taylor Townsend em sets diretos, marcando placar final de 7/6 (7-4) e 6/1 depois de 1h34 de confronto.

Pavlyuchenkova já tem definida sua próxima adversária na grama do All England Club. Na segunda rodada, a russa de 32 anos medirá forças com a chinesa Lin Zhu, que anotou o primeiro “pneu” do torneio ao derrotar a romena Irina-Camelia Begu com parciais de 6/0 e 6/4. A russa levou a pior na única vez que cruzou com a chinesa, desistindo da partida de primeira rodada em Pequim 2014.

Gracheva é a primeira vencedora do torneio

Por pouco Zhu não foi a primeira a vencer neste ano em Wimbledon, mas por alguns minutos ela foi superada pela francesa Varvara Gracheva, que gastou apenas 62 minutos para superar a estreia contra a ucraniana Lesia Tsurenko, marcando placar final de 6/3 e 6/1. Em sua terceira participação no evento, ela tenta agora superar a segunda rodada pela primeira vez.

Na próxima fase, Gracheva terá outra ucraniana pela frente, desta vez desafiando a cabeça de chave 28 Dayana Yastremska, que derrotou na estreia a argentina Nadia Podoroska em sets diretos, triunfando com parciais de 6/1 e 7/6 (7-1). As duas se cruzaram uma vez antes, na segunda rodada do Australian Open deste ano, com vitória de Yastremska por 2 a 0.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE