PLACAR

Rybakina pode igualar feito de Navratilova em Indian Wells

Foto: Dubai Duty Free Tennis Championships

Indian Wells (EUA) – Campeã do WTA 1000 de Indian Wells em 2023, a cazaque Elena Rybakina poderá repetir neste ano um feito que somente a tcheca naturalizada norte-americana Martina Navratilova já obteve na história do torneio californiano. Bicampeã em 1990 e 1991, ela é até hoje a única mulher a vencer a competição em anos consecutivos.

Na ocasião, a ex-número 1 do mundo superou nas respectivas finais a tcheca Helena Sukova e a então iugoslava Monica Seles, que viria a se tornar estadunidense três anos depois de ganhar o evento em 1992. Assim, Navratilova faz parte de um grupo de nove jogadoras que já triunfaram duas vezes naquele que foi eleito o melhor evento de nível 1000 da WTA em 14 temporadas, porém a única a conseguir de forma seguida.

Atual número 4 do mundo, Rybakina é uma das duas tenistas que já possui ao menos dois títulos nesta temporada, depois de triunfar em Brisbane e Abu Dhabi, além de chegar à decisão em Doha. Por isso, a campeã de Wimbledon em 2022 é uma das principais favoritas para ficar com a taça em Indian Wells pelo segundo ano consecutivo e ótima opção para quem quiser cravar o resultado do torneio utilizando o código bônus bet365, com condições especiais.

Até hoje, apenas duas outras tenistas chegaram perto de igualar a façanha de Navratilova no deserto da Califórnia: a também norte-americana Lindsay Davenport, campeã em 1997 e vice em 1998, e a sérvia Ana Ivanovic, vencedora em 2008 e finalista em 2009.

Por outro lado, no torneio masculino o feito não é tão exclusivo assim, já que sete homens venceram o torneio por pelo menos duas vezes em sequência: Roscoe Tanner (1978 e 1979), Boris Becker (1987 e 1988), Pete Sampras (1994 e 1995), Michael Chang (1996 e 1997), Lleyton Hewitt (2002 e 2003), Roger Federer (2004, 2005 e 2006) e Novak Djokovic (2014, 2015 e 2016).

O equilíbrio no circuito feminino é tão grande que nas últimas dez edições do WTA 1000 de Indian Wells houve dez campeãs diferentes, sendo que apenas duas já haviam vencido o torneio anteriormente. A última a chegar em finais consecutivas foi a russa Maria Sharapova, que ficou com o vice em 2012 antes de faturar o seu segundo título no ano seguinte. Antes, havia vencido em 2006.

Na última década, levantaram o troféu do evento Maria Sharapova (2013), Flavia Pennetta (2014), Simona Halep (2015), Victoria Azarenka (2016), Elena Vesnina (2017), Naomi Osaka (2018), Bianca Andreescu (2019), Paula Badosa (2021), Iga Swiatek (2022) e Elena Rybakina (2023).

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás

Este ano será o da Bia! Go, BIA.

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Eu diria que, então, no mínimo a Sharapova também faz parte das que chegaram perto da façanha consecutiva, como Davenport e Ivanovic, a diferença é que seu vice veio antes.
E, além de Sharapova, qual é a outra tenista das 10 que já havia vencido antes?

Piter Oliveira
Piter Oliveira
1 mês atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

Se veio antes, não tem como destacar que ela chegou perto, visto que no segundo ano, ele começou do zero. O que pode ser dito é ela chegou em duas finais consecutivas, igual as demais.

Matheus Dalcim
Editor
1 mês atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

Foi a Azarenka, que bateu a própria Sharapova na decisão de 2012 e voltou a faturar o título em 2016 contra a Serena. Ambas em sets diretos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE