PLACAR

Rune: “Veremos em 15 anos quem terá mais títulos de Slam”

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – Considerado um dos grandes nomes da nova geração ao lado Carlos Alcaraz e Jannik Sinner, o dinamarquês Holger Rune é, dos três, o único que ainda não estourou como esperado e tampouco ganhou seu primeiro Grand Slam ou chegou ao posto de número 1 do mundo, feitos que o espanhol e o italiano já conseguiram.

Apesar de sair atrás nessa corrida, o jovem de 21 anos acredita que ainda possa se juntar aos rivais nessa disputa e formar um novo trio dominador no circuito, porém rechaça qualquer comparação com o clássico Big 3 de Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal.

“Acho que eu nunca disse que somos um novo Big 3. Ouvi nos últimos meses e no ano passado que as pessoas têm falado sobre isso. Como já disse antes, é muito positivo que as pessoas estejam começando a falar sobre isso. Alcaraz é fisicamente incrível, acho que ele se move incrivelmente bem e lê bem o jogo. Sinner bate muito bem na bola, com uma direita e um backhand muito fortes. Acho que todos temos qualidades. Neste momento, Alcaraz é o líder de [conquistas em] Grand Slam, mas vamos ver daqui a 15 anos quem será o líder”, disse na entrevista coletiva da última quinta-feira após vencer o paranaense Thiago Wild com uma virada por 3 a 1.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Rune também comentou rapidamente sobre a partida contra o brasileiro. “Foi um bom jogo. O primeiro set foi difícil porque ele jogou com muita liberdade, não cometeu muitos erros e me pressionou bastante. Então tive que ajustar algumas coisas e estou feliz com a vitória”, analisou.

Na próxima rodada, o atual número 15 do mundo terá pela frente o francês Quentin Halys, que veio do qualificatório e eliminou na última rodada o russo Karen Khachanov. Segundo Rune, o jogo do adversário é apropriado para a grama, mas diz estar pronto para enfrentá-lo.

“Ele deve ter alguma confiança porque vem de uma vitória sobre Khachanov, e Karen é um jogador difícil. Conheço um pouco o Halys. Treinei com ele algumas vezes e vi que tem um grande saque e uma boa direita. Em geral, joga bem na grama. Tenho que estudá-lo um pouco estatisticamente, assistir alguns de seus vídeos e me preparar como sempre faço para os jogos. Quero fazer um bom treino amanhã, me recuperar bem, dormir bem e estar pronto para competir”, destacou o dinamarquês.

31 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo H
Paulo H
17 dias atrás

Embora seja o menos simpático do trio de tenistas jovens com grande apetite por títulos, disse uma verdade: impossível prever o número de títulos de Grand Slams que cada um terá ao longo dos próximos 10 ou 15 anos. Acredito que alguns terão quedas temporárias ou definitivas por lesões, que já vem prejudicando as performances, de maneira bastante precoce. Isso sem falar que um novo fenômeno pode bater na porta dentro de alguns anos. Enfim, existe muito exercício de futurologia e torcida em diversas opiniões reproduzidas no site.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
17 dias atrás
Responder para  Paulo H

Futurologia coisa alguma. Aos 21/ 22 Federer e Djokovic possuíam juntos 1 SLAM . Alcaraz e SINNER já possuem juntos 4 SLAM e jogam mais que ambos na mesma idade. Isto é fato. O que vai acontecer daqui 15 anos é outra conversa. Aquele que ficou de 2007 a 2011 esquentando o N 3 com apenas 1 SLAM conquistado ( 2008 ) , aparece na frente de todos. Quem diria não é mesmo ,? …rs. Abs !

Fabio Oliveira
Fabio Oliveira
16 dias atrás
Responder para  Paulo H

Futurologia é boa !

Joselito
Joselito
17 dias atrás

Única certeza que teremo é que o GOATovic terá mais título daqui a 15 anos.

rodrigo
rodrigo
17 dias atrás
Responder para  Joselito

Concordo

Flavio
Flavio
17 dias atrás
Responder para  Joselito

Ele pode ter 30 slams, mas NUNCA será um Federer.

Senna, Michael Jordan, Muhammad Ali, Tiger Woods não tiveram os melhores números em suas carreiras, mas foram os goats.

Então, meu caro, é FEDERER, quer vc queira ou não rss

Lucas
Lucas
17 dias atrás
Responder para  Flavio

KKKKKK metade desses tem os recordes, djoko >> federer

Rbclima
Rbclima
17 dias atrás
Responder para  Lucas

Pior q parando pra pensar, nessa lista, ninguém tem os records absolutos. E msm assim são goats

jOÃO TENNIS FANS
jOÃO TENNIS FANS
17 dias atrás
Responder para  Flavio

Federer Goat? A disputa é boa entre Federer e Nadal pela segunda colocação.
No início de 2011 FEDERER tinha 16 Slams, NADAL 9 e DJOKOVIC 1
Em 2024, DJOKOVIC tem 24, NADAL 22 e FEDERER 20
Desde que Djokovic despontou em 2011 ele ganhou 23 Slams, Nadal 13, Federer apenas 4.
Ou seja, com Djokovic na parada acabou a festa do Federer.

Marcos
Marcos
17 dias atrás
Responder para  jOÃO TENNIS FANS

kkkkkk acabou a entre safra dele

João Sawao ando
João Sawao ando
17 dias atrás
Responder para  Flavio

Concordo

Eduardo
Eduardo
17 dias atrás
Responder para  Flavio

Federer kkkk eterno freguês Djokovic acabou com a sua festa ao despontar em 2011

Paulo Querette
Paulo Querette
17 dias atrás
Responder para  Flavio

Boa noite!
Vc acha que é o Fed!
Já John e Patrick McEnroe, Connors, Willander, Sampras, Courier, Agassi, Roddick, Nadal, Bedene, Medvedev, Sverev, Saretta, Dácio Campos dentre vários outros, acham que é o Djoko!

Celio
Celio
16 dias atrás
Responder para  Flavio

Cravar que Federer é inigualavel, é muito discutivel. Diria que Djoko sim é o melhor pelos titulos, maior é de gosto. Alcaraz na minha opiniao tem boas chances de ultrapassar Djoko, seu talento é inigualavel, tecnica do Federer, elasticidade do Djoko, foco do Nadal, pra mim que acompanho tenis ha 40 anos, nao vi ninguem com tanto potencial qto ele. So as contusoes podem dete-lo.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
16 dias atrás
Responder para  Flavio

Esqueceu de dizer que nenhum desses citados foi freguês de ninguém, todos esses dominaram suas épocas…

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
17 dias atrás
Responder para  Joselito

Federer melhor na grama, rafa melhor no saibro, nole melhor no hard. Temos 2 slam no hard o que facilita a Vida do nole. Pensem nisto. Se tivesse 2 slam no saibro o rafa tinha 35 slam, e se tivesse 2 slam na grama o Roger teria uns 30 slam.

Marcelo Reis
Marcelo Reis
17 dias atrás

Eu ia falar justamente isso. Que o Djokovic é o maior vitorioso do tênis masculino, não há dúvidas. Mas os números puramente secos podem ser relativizados. Isto que tu dizes é bem verdade.

Assim como o H2H entre eles. Penso no Federer como o maior talento natural. Se tivesse se esmerado e buscado evoluir, em especial o neo backhand, teria diminuído os números desfavoráveis contra o Nadal. Tanto é que, depois de 2017, quando ele implementou o golpe, ele ganhou as últimas 6 das 7 partidas contra o Nadal.

Já contra o Nole, quando Roger estava no prime e Djokovic era um menino super ágil e talentoso, tinha um H2H favorável. E manteve-se assim até os 34 anos do Federer, quando este último já decaía fisicamente, enquanto Novak estava no prime, nem 30 anos tinha.

São coisas que levo em consideração. A rigor, entendo que o Djokovic foi o mais competente porque soube dosar o físico – coisa que Nadal sofreu – e soube evoluir – coisa que Federer buscou tardiamente.

Paulo Sérgio
Paulo Sérgio
16 dias atrás
Responder para  Marcelo Reis

A eterna desculpa da idade. Explica aí as vitórias de Federer contra Nadal em 2017 e 2018 em finais de slam.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
16 dias atrás

Nole tem 7 na grama, e ganhou 3 finais contra o Roger em winbledom… Caso existisse 2 slams na grama, o sérvio teria vantagem sobre o suíço.

João Sawao ando
João Sawao ando
17 dias atrás

Dos três acho que alcaraz

Antonio Elias de Oliveira Cost
Antonio Elias de Oliveira Cost
17 dias atrás

Rune é uma promessa, quase uma realidade

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
17 dias atrás

é muito mais jogador que Sinner

Nei Costa
Nei Costa
17 dias atrás

Baseado no que Djokovic fez, faz todo sentido a fala de Rune. Djokovic até o fim de 2010 tinha apenas um slam contra dezesseis de Roger e nove de Rafa. Quatorze anos depois, Nole lidera a contagem praticamente sem chances de reversão.

João Sawao ando
João Sawao ando
17 dias atrás

Nos próximos 3/4 anos deve aparecer algum tenista….sera que o Joao Fonseca….uma esperança brasileira

Gusmão
Gusmão
17 dias atrás

Rune é um falador e gritador.
Como Alcaraz, usa o truque do grito depois de bater na bola, aí soa como se fosse “alt”, deixando o adversário duvidoso.
Não esqueço aquela partida que o Luz perdeu para ele em um Challenger. Luz estava dominando o jogo, mas afinou com as provocações do moleque.
Esse Rune é goleador, ter a pretensão de superar 01 dos ( Djokovik, Nadal, Federer).

Outra, Medvedev, Zverev e Tsitsipas tem mais Força e capacidade que ele.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
16 dias atrás
Responder para  Gusmão

Medvedev , Zerev , e Tsitripas , já atingiram o máximo deles amigo , são grandes jogadores mas o Rune que é ” sim” muito bocudo , é muito mais novo e pode supera-los ,se focar nisso treinar mais e falar menos …

Tiago
Tiago
17 dias atrás

Esse não ganhou nada ainda .. tem que ralar muito!!

Sergio
Sergio
17 dias atrás

Esse Rune é um pouco pretensioso. Dizer “quantos ” grand Slams cada um vai ter daqui a 15 anos soa bem pretensioso para um jogador que não tem nenhum Slam ainda. Garoto falador e que ainda não disse a que veio.

Celio
Celio
16 dias atrás
Responder para  Sergio

Mas ele nao disse dele, disse que so o tempo vai dizer quem é o melhor. Ele ta errado ?

Vagner Paiva
Vagner Paiva
17 dias atrás

Oxe

Betinho esteves
Betinho esteves
16 dias atrás

Sinner, Acaraz e Fonseca.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE