PLACAR

Rublev segue firme e luta por semifinal inédita

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) – Pela nona vez em sua carreira profissional e a quarta no US Open, Andrey Rublev disputará as quartas de final de um Grand Slam. E o russo de 25 anos e número 8 do mundo mantém a busca pela primeira semifinal. Rublev superou nesta segunda-feira o britânico Jack Draper, canhoto de 21 anos e 123º do ranking, por 6/3, 3/6, 6/3 e 6/4 em 2h45 de partida.

Rublev já havia alcançado as quartas de final do US Open em 2017, 2020 e 2022. Na atual temporada, ele também chegou às quartas no Australian Open e na grama de Wimbledon. O russo também parou nessa fase em Melbourne em 2021 e outras duas vezes em Roland Garros.

Em busca de sua primeira semi de Slam, Rublev pode ter um duelo russo contra Daniil Medvedev ou enfrentar o australiano Alex de Minaur. Em ambos os casos, o retrospecto é negativo. Ele tem apenas duas vitórias em sete jogos contra Medvedev e venceu De Minaur apenas uma vez em quatro confrontos.

Apesar de ter enfrentado um break-point ainda no game de abertura, Rublev logo assumiu o controle das ações no primeiro set. Ele fez dois games de saque muito rápidos e ainda conseguiu a única quebra da parcial para abrir 4/1 e não ter mais o serviço ameaçado. Draper, que está voltando de lesão no ombro e fez sua melhor campanha em Grand Slam, reagiu no segundo set. O ex-top 40 escapou dos seis break-points que enfrentou e conseguiu quebrar o serviço do russo pela primeira vez no jogo para igualar a partida.

Draper ainda largou com 2/0 no terceiro set, mas voltou a ter o serviço bastante ameaçado. Com seu jogo agressivo e golpes potentes, Rublev criou cinco break-points em três games distintos e quebrou duas vezes para voltar à frente no placar. Já no quarto set, o russo não enfrentou break-points e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço, conquistando mais uma quebra para fazer 4/2. Draper ainda salvou dois match-poitns no saque quando perdia por 5/3, mas não evitou a derrota no game seguinte.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE