PLACAR

Romboli e Zormann fazem final e pegam algozes de Luz

Meerbusch (Alemanha) – Com três representantes nas semifinais de duplas no challeger de Meerbusch, o Brasil viu a parceria 100% nacional formada por Fernando Romboli e o paulista Marcelo Zormann confirmar o favoritismo e se garantir na decisão, mas em contrapartida o gaúcho Orlando Luz foi derrotado ao lado do holandês Sem Verbeek.

Cabeças de chave número 4,Romboli e Zormann abriram as semifinais de duplas nesta sexta-feira e conseguiram derrotar o belga Michael Geerts e o argentino Santiago Taverna em sets diretos, gastando 71 minutos para triunfar com o parciais de 6/3 e 6/4. Os brasileiros salvaram os três break-points que enfrentaram na partida e converteram dois em nove, um em cada set.

Na final, a parceria 100% brasileira terá pela frente os algozes de Orlandinho, que ao lado de Verbeek foi eliminado na semi, caindo diante dos franceses Manuel Guinard e Gregoire Jacq em batalha de três sets, definida com uma virada de placar final 3/6, 7/5 e 11-9, em 1h42 de confronto.

Romboli e Zormann vão para a terceira final da parceria e buscam o segundo título jogando juntos. Logo na primeira vez que jogaram juntos, no começo de junho no challenger de Vicenza, eles foram para a decisão e acabaram ficando com o vice. Os brasileiros voltaram a uma decisão no challenger de San Benedetto, onde se sagraram campeões.

Com a campanha desta semana, os dois brasileiros estão ganhando 14 posições no ranking de duplas. Zormann está indo para o 134º lugar e pode subir mais dois se for campeão, enquanto Romboli está alcançando o 141º posto e será o 134º com o título. Eles dividirão 2.450 euros com o vice ou 4.250 euros com o título.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE