PLACAR

Raducanu avança e encara Pegula, Muchova volta com vitória

Foto: LTA

Eastbourne (Inglaterra) – Em batalha de campeãs do US Open, a britânica Emma Raducanu levou a melhor na estreia no WTA 500 de Eastbourne e bateu a norte-americana Sloane Stephens por 6/4 e 6/0 nesta terça-feira, após 1h16 de confronto.

A tenista da casa esteve atrás no placar duas vezes no primeiro set, mas se recuperou e acabou triunfando. Depois de abrir vantagem, ela deslanchou e selou sua segunda vitória em dois jogos contra Stephens com direito a “pneu”.

“Nunca joguei em Eastbourne e nunca joguei nesta quadra central. Acho que para mim foi uma questão de adaptação à quadra. Cada quadra é um pouco diferente da outra e aos poucos descobri qual era a melhor maneira de jogar”, analisou Raducanu.

O próximo obstáculo no caminho da britânica será outra norte-americana, mas desta vez o desafio promete ser maior. Ela enfrentará a cabeça de chave número 2 Jessica Pegula, que estreia direto na segunda rodada e vem embalada após o título em Berlim.

Muchova vence a primeira desde o US Open

Afastada do circuito desde a queda na semi do US Open do ano passado, por lesão e cirurgia no punho, a tcheca Karolina Muchova voltou às competições com vitória. Ela não teve muito trabalho na estreia em Eastbourne e precisou de apenas 19 minutos para avançar, contando com a desistência da russa Elina Avanesyan.

Muchova vencia o primeiro set por 3/1 quando a rival precisou abandonar a partida. Classificada para as oitavas de final, ela terá agora pela frente a polonesa Magda Linette, que um dia antes bateu a russa Anastasia Pavlyuchenkova de virada.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Será a terceira vez que a tcheca e a polonesa duelarão no circuito, a primeira desde 2020, quando Muchova triunfou em Doha. Um ano antes, aconteceram os outros dois encontros, com vitória de Linette no Bronx e derrota em Seul.

Boulter e Mertens encaram favoritas, Kasatkina avança

Além de Raducanu, outra tenista da casa que passou pela estreia foi Katie Boulter, que derrotou a croata Petra Martic em sets diretos, com parciais de 6/1 e 7/6 (10-8). Na segunda rodada, ela enfrentará a letã Jelena Ostapenko, cabeça de chave número 8.

Já a britânica Yuriko Miyazaki não teve a mesma sorte e foi eliminada na primeira fase pela belga Elise Mertens, com o placar final de 6/1 e 6/2. A próxima adversária de Mertens será a italiana Jamine Paolini, terceira mais bem cotada ao título na competição.

Por fim, a russa Daria Kasatkina passou pela chinese Xinyu Wang com uma vitória por 6/4 e 6/2, e terá agora outra jogadora da China, a top 40 Yue Yuan, que ainda na segunda-feira contou com a desistência da também russa Anastasia Potapova quando vencia por 6/3 e 6/6.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
André
André
23 dias atrás

Se eu tivesse o empresário da Raducanu eu era top150.

Fábio
Fábio
23 dias atrás

Não vai longe. Tadinha

Rodrigo
Rodrigo
22 dias atrás

Afffff a gatinha ainda joga ?!?!?! Affffff

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE