PLACAR

Quali de Indian Wells terá Wild e seis ex-top 10

Foto: ATP Tour

Indian Wells (EUA) – Foi divulgada nesta sexta-feira a lista de inscritos para o qualificatório do Masters 1000 de Indian Wells. Entre os destaques estão o paranaense Thiago Wild, que será o sexto cabeça de chave, e a presença de nada mais do que seis jogadores que já fizeram parte do top 10.

A principal surpresa é a volta do sul-africano Kevin Anderson, de 37 anos e que havia anunciado sua aposentadoria em maio de 2022, mas acabou retornando ao circuito pouco mais de um ano depois para a disputa dos ATP de Newport e Washington, além do quali do US Open. A derrota na segunda rodada da fase prévia em Nova York, inclusive, foi a última partida do ex-número 5 do mundo.

Entre outros nomes de peso que tentarão uma vaga na chave principal no deserto californiano, estão os italianos Matteo Berrettini (ex-número 6 do ranking e atual 124º colocado) e Fabio Fognini (que já alcançou o nono posto e hoje figura no 103º lugar), o belga David Goffin (que já ocupou a sétima colocação e aparece hoje na 133ª) o argentino Diego Schwartzman (oitavo colocado em 2020 e hoje apenas o 116º) e o espanhol Roberto Bautista Agut (número 9 do mundo há cinco temporadas e atualmente na 100ª posição).

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Thiago Wild, por sua vez, jogará seu quarto qualifying de Masters 1000 e tenta chegar à chave principal pela segunda vez. Em 2021, ele foi derrotado na estreia de Miami pelo colombiano Daniel Galan em sets direts. No ano seguinte, voltou aos Estados Unidos, mas não passou da primeira rodada do quali, assim como aconteceu em Paris no ano passado.

O qualificatório de Indian Wells terá início no próximo dia 3 de março e contará com 48 tenistas, do quais 43 já estão confirmados e outros cinco receberão convite para se juntar à disputa.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
1 mês atrás

Na draga que o Wild tá

Balbino Neto
Balbino Neto
1 mês atrás

Com tantos tenistas ótimos e de peso, teremos um quali digno de comparação ao torneio em si. Vai ser praticamente um torneio a parte. Esperamos que esses jogos sejam transmitidos.

Rogério Falco
Rogério Falco
1 mês atrás

Nada promissora a participação do Wild neste torneio. Mas vamos torcer.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE