PLACAR

Pigossi estreia com vitória de virada na África do Sul

Foto: Kanishka Ingle/MSLTA

Pretória (África do Sul) – Principal cabeça de chave, Laura Pigossi estreou com vitória no ITF W50 de Pretória, em quadras duras na África do Sul. Nesta terça-feira, a paulista de 29 anos e 124ª do mundo encarou a belga Amelie Van Impe, 429ª colocada, e levou a melhor de virada, com parciais de 4/6, 6/0 e 6/2.

“Foi uma boa partida. A menina começou num nível muito alto e tive que me adaptar também à altitude daqui. Descobri um pouco a maneira de jogar no final do set. Fico feliz de ter conseguido subir bastante o meu nível durante o jogo e me adaptado bem às condições”, avaliou Pigossi sobre sua partida de estreia.

Em busca de alcançar duas vitórias seguidas pela primeira vez na temporada, a número 2 do Brasil enfrentará nas oitavas de final a norte-americana Clervie Ngounoue, que superou a compatriota Jaeda Daniel, vinda do quali, por 6/3 e 6/2. Com apenas 17 anos, Ngounoue é a atual campeã juvenil de Wimbledon e ocupa a 403ª posição do ranking profissional.

Neste ano, Pigossi disputou sete jogos e venceu apenas dois até aqui. Além de cair nas estreias do WTA 125 de Canberra e do WTA 250 de Hua Hin, a brasileira parou nas oitavas de final do WTA 125 de Mumbai, onde ganhou uma partida, e na abertura dos qualificatórios do Australian Open e do WTA 1000 de Doha.

O torneio na África do Sul dá 50 pontos no ranking para a campeã, 33 para a vice e 20 para as semifinalistas. Uma vitória na estreia vale 6 pontos, com 11 para quem chegar às quartas.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

Pigossi vai ter uma partida bem mais dificil contra a Ngounoue. Diria que talvez seja a adversária mais perigosa de todo o torneio!

Maximo Troisi
Maximo Troisi
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Com quase 300 posições abaixo do ranking da adversária e é perigosa?Oi?? kkkkkkkkkkk. Seria mais honesto dizer, Mesmo 300 posições abaixo consegue ser menos ruim do que a pipoqueira medalhista olímpica .Façam mil favor.

Bricio Cunha Fagundes
Bricio Cunha Fagundes
1 mês atrás
Responder para  Maximo Troisi

Máximo, nota-se que você entende bastante de tênis. Ela está fazendo a transição do juvenil para o profissional. Está 400 do ranking porque quase não disputou torneios profissionais ainda. É a mesma situação do Fonseca, que é talentoso mas está lá pros 800. Então o ranking deles ainda não condiz com o talento

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  Bricio Cunha Fagundes

Mas aí é só especulação. Sempre houve vários juvenis talentosos que não renderam tanto no profissional.

Jorge Luiz
1 mês atrás

Muito bom, próxima adversária vai ser bem perigosa

Márcio
Márcio
1 mês atrás

Laura acertou o passo a partir do segundo set, sem chances pra adversária! Clara evolução no hard! Próxima partida perigosa, ainda assim, acredito que a brasileira seja favorita!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE