PLACAR

Pigossi é cabeça 1 em Zagreb, Cé segue para a Áustria

Foto: Detlef Gottwald Fotografie

Zagreb (Croácia) – Segunda melhor brasileira no ranking da WTA, Laura Pigossi disputa nesta semana o ITF W75 de Zagreb, em quadras de saibro na Croácia. A paulistana de 29 anos e 125ª do mundo é a principal cabeça de chave do torneio.

Pigossi estreia nesta terça-feira contra a grega de 21 anos Sapfo Sakellaridi, 254ª do ranking. Em caso de vitória, ela pode enfrentar a convidada local Iva Primorac, 501ª colocada, ou a italiana Dalila Spiteri, 336ª do mundo.

No mesmo quadrante de Pigossi está a suíça Jil Teichmann, que já foi 21ª do mundo em 2022 e atualmente aparece no 230º lugar, aos 26 anos, voltando de lesão nas costas. Ela estreia contra a anfitriã Dora Miskovic. A cabeça 2 do torneio é a croata Jana Fett, 128ª do ranking.

Uma vitória na estreia em Zagreb dá 9 pontos na WTA, com 16 para quem chegar às quartas. O torneio dá 75 pontos à campeã, 49 para a vice e 29 para as semifinalistas.

Cé tenta manter embalo após título

Depois de ter conquistado seu 13º título como profissional no último domingo, na Eslovênia, Gabriela Cé disputa o ITF W35 de Villach, em quadras de saibro na Áustria. A gaúcha de 31 anos e 436ª do ranking estreia nesta terça-feira contra a japonesa de 26 anos Ena Shibahara, que já foi número 4 do mundo em duplas e agora tenta construir uma carreira em simples, ocupando hoje o 287º lugar da WTA.

Jennifer joga na Tunísia, Candiotto se despede

A paulista de 23 anos Jennifer Rosa Dourado está na chave do ITF W15 de Monastir, em quadras duras na Tunísia. Ela estreia contra a russa de 18 anos Arina Arifullina. O torneio ainda tem a brasiliense Luiza Fullana, que joga na quarta-feira contra a britânica Sarah Tatu. Já pelo ITF W35 de Monzon, em quadras duras na Espanha, a também paulista Ana Candiotto foi eliminada na última rodada do quali pela francesa Georgia Kalamaris por 6/4, 3/6 e 10-8.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
11 dias atrás

Vamos Laura e ce

Charles
Charles
11 dias atrás

Pessoal falava mal do w60 que ela era cabeça 1 só porque era na África do Sul…

Maximo Troísi
Maximo Troísi
11 dias atrás
Responder para  Charles

e daí?

Fernando S P
Fernando S P
11 dias atrás
Responder para  Charles

Falavam mal da sede daqueles dois W50 (eram 50) que a Laura disputou? Perdi essa. Preocupações com a logística ou pelo fato da Laura estar disputando um torneio considerado fraco para o ranking dela?

Andre Borges
Andre Borges
11 dias atrás
Responder para  Charles

Eu critiquei pq era na dura, mas me enganei foi um puta tiro certo dela. Aproveitou pra pontuar bem e ganhou uma grana com baixo custo já que usou a estrutura do Lock.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE