PLACAR

Pereira luta por 3h40 e chega à 1ª semifinal de challenger aos 33

José Pereira (Foto: Legión Sudamericana)

Concepción (Chile) – Pela primeira vez em sua carreira profissional, José Pereira disputará uma semifinal de challenger. E o experiente pernambucano de 33 anos conseguiu esse feito depois de vencer um jogo duríssimo nesta sexta-feira. Ele ficou em quadra por 3h40 para superar o equatoriano de 21 anos Alvaro Guillen Meza, cabeça 4 do torneio e 294º do ranking, por 6/4, 4/6 e 7/5.

Pereira já havia alcançado as quartas de final em outros oito torneios de nível challenger, o mais recente em outubro do ano passado. E só agora ele consegue superar essa barreira. Em sua carreira profissional, ele acumula 12 títulos de ITF e já esteve em outras 19 finais.

A campanha até a semifinal em Concepción rende 17 pontos na ATP para Pereira, são 14 das três vitórias na chave principal e mais três por ter passado por duas rodadas no quali. Provisoriamente, ele está subindo para o 556º lugar, pode se aproximar da 510ª posição se for finalista e ir até o 440º lugar em caso de título. Seu melhor ranking é o 232º lugar, alcançado em 2015.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

O adversário de Pereira na semifinal deste sábado será o peruano Gonzalo Bueno, jovem 20 anos e 361º do ranking, em confronto inédito no circuito. Do outro lado da chave, o cabeça 2 argentino Juan Pablo Ficovich já está na semi e pode enfrentar o compatriota Facundo Mena ou o grego Stefanos Sakellaridis.

Partida teve 15 quebras e 43 break-points disputados

A longa partida desta sexta-feira começou com um primeiro set com cinco quebras de serviço. O equatoriano esteve por duas vezes com quebra acima e não sustentou a vantagem, em 1/0 e 3/2. Pereira ainda escapou de dois break-points no 4/4 e voltou a quebrar no último game da parcial. No segundo set, entretanto, o brasileiro chegou a liderar por 4/2, mas perdeu quatro games seguidos.

O último set foi cheio de games longos e com oportunidades para os dois lados, tanto que Pereira enfrentou oito break-points e teve sete a favor. O equatoriano foi o primeiro a quebrar e liderou por 3/2. Pereira virou o placar para 5/3, teve um match-point, mas foi quebrado quando sacava para o jogo. No entanto, o brasileiro voltou a quebrar no último game da partida para chegar à vitória. Ao todo, o jogo teve 15 quebras, 8 a 7 para Pereira, e 43 break-points disputados. Ele teve 19 chances de quebra e enfrentou 24.

12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
28 dias atrás

Vamos ganhar esse torneio jose Pereira

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
28 dias atrás

Fantástico. Melhor resultado da carreira, vencendo um TOP 300. Acordou no ano. Espero que essa campanha dê um novo ânimo ao José Pereira

Paulo A.
Paulo A.
28 dias atrás
Responder para  Guilherme do ES Ribeiro

Parabéns ao Zé. Que esta semi lhe dê um.novo gás nessa fase da sua carreira. O preocupante é o desgaste físico, já que jogou também o qualy.

Veridiana Parmegierri
Veridiana Parmegierri
28 dias atrás

esse rapaz e o Danielzinho da Silva são exemplos para esses garotos do tênis do Brasil muito mimados e que não fazem um calendário correto. descansam muito mais do que jogam. meamo tendo tantos torneios aqui na américa do sul. o Pereirinha (carinhosamente) e o Danielzinho são lutadores. parabéns a ambos.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
28 dias atrás

Desde o final do ano passado vem surpreendendo. Aprendeu com Danielzinho. Parabens e siga com mais vitorias.Na torcida sempre, aproveitando a semana de vitorias brasileiras

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
28 dias atrás

Excelente vitória do Pereira, mostrou garra e resiliência para buscar uma importante semi de Challenger,vamo que dá pra mais!

Kario
Kario
28 dias atrás

Grande vitória, surpreendeu. Boa sorte amanhã.

Eu queria ser como o Dalcim
Eu queria ser como o Dalcim
28 dias atrás

Cadê o Senhor que chamava ele de TELIANO, SÓ APARECE EM DERROTAS??

Eu queria ser como o Dalcim
Eu queria ser como o Dalcim
28 dias atrás

TELIANO UMA OVA, MEU NOME É JOSÉ PEREIRA!

Jorge Luiz
Jorge Luiz
28 dias atrás

Parabéns Pereira,na torcida para que consiga copar esse torneio

Scott
Scott
28 dias atrás

Torneio meio esvaziado, não?

Eduardo Monteiro
Eduardo Monteiro
27 dias atrás

Estamos na torcida por você Pereira!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE