PLACAR

Pegula vira na estreia e vai enfrentar Pavlyuchenkova

Foto: Adelaide International

Adelaide (Austrália) – Em duelo 100% norte-americano válido pela segunda rodada do WTA 500 de Adelaide, a cabeça de chave 2 Jessica Pegula levou um susto da compatriota Bernarda Pera, que venceu o primeiro set, mas depois não sustentou o mesmo ritmo e acabou derrotada de virada pela favorita, caindo com parciais de 4/6, 6/2 6/3.

“Ela estava acertando golpes inacreditáveis ​​no primeiro set, eu realmente não achei que houvesse muito mais que pudesse fazer. Eu apenas tentei mudar algumas coisas e ficar relaxada, sem me frustrar porque ela estava jogando um ótimo tênis e é sempre muito durona”, analisou Pegula na entrevista em quadra após a partida de 2h12 de duração.

Classificada para as quartas de final, Pegula terá pela frente a embalada Anastasia Pavlyuchenkova, que assim como Pera entrou na chave depois de furar o quali e derrotou na estreia a paulista Beatriz Haddad Maia. Nesta quarta-feira, a russa deixou pelo caminho a tcheca Katerina Siniakova em virada com o placar final de 2/6, 6/3 e 6/2.

Também saída do quali, só que através de uma vaga de lucky-loser, a norte-americana Taylor Townsend não foi além das oitavas, caindo diante da ucraniana Marta Kostyuk em batalha de três sets, definida com parciais de 6/3, 2/6 e 6/4. Na próxima fase, Kostyuk terá pela frente a vencedora do duelo entre a francesa Caroline Garcia e a letã Jelena Ostapenko.

Campeã da United Cup na semana passada, a alemã Laura Siegemund aproveitou a fase para ir longe em Adelaide e é mais uma quadrifinalista do torneio. Ela derrotou a romena Ana Bogdan por 2 sets a 0, com o placar final de 6/4 e 7/5, e enfrentará na próxima fase quem passar do duelo 100% russo entre Daria Kasatkina e Anna Kalinskaya.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE