PLACAR

Pegula tem grande atuação e derruba Sabalenka

Foto: Jimmie48/WTA

Cancún (México) – Na abertura da segunda rodada do WTA Finals, Jessica Pegula teve uma grande atuação e venceu a número 1 do mundo Aryna Sabalenka por 6/4 e 6/3 em 1h28 de partida. Foi apenas a segunda vitória da norte-americana em seis jogos contra a bielorrussa no circuito. E com o resultado, ela também fica muito perto da classificação para a semifinal do torneio entre as oito melhores da temporada.

Com duas vitórias em sets diretos em Cancún, Pegula pode ter a classificação para a semifinal confirmada ainda nesta terça-feira. Se Elena Rybakina derrotar Maria Sakkari por qualquer placar, a norte-americana já garante até o primeiro lugar do Grupo Bacalar e forçaria um duelo entre Sabalenka e Rybakina pela segunda posição. Já se a grega derrotar a cazaque em três sets, Pegula se classifica para a semi, mas ainda não confirma a primeira posição da chave.

Pegula ainda tem mais um jogo na fase de grupos, diante de Maria Sakkari na próxima quinta-feira. Ela também está jogando duplas, ao lado de Coco Gauff. Principais cabeças de chave, as norte-americanas estrearam com derrota para Gabriela Dabrowski e Erin Routliffe, e ainda enfrentarão duas duplas muito fortes, Laura Siegemund e Vera Zvonareva e também Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova.

Pegula se adaptou bem às condições do torneio
Mais uma vez, Pegula soube se aproveitar das condições mais lentas da quadra, e que minimizavam a potência dos golpes de Sabalenka. A norte-americana resistia bem aos ralis de fundo e também contava com a instabilidade no saque da número 1 do mundo. Desde o primeiro game, a bielorrussa enfrentava break-points com frequência. Pegula conseguiu duas quebras seguidas e abriu 5/2 no primeiro set, com Sabalenka apenas diminuindo a diferença, mas sem buscar o empate.

O início do segundo set foi arrasador para Pegula, que saiu vencendo por 4/0. A norte-americana perdeu a primeira chance de sacar para o jogo, com direito a uma dupla falta em seu primeiro match-point. Não faltou espírito de luta para Sabalenka, que tentou ser agressiva e foi para o risco nos últimos games da partida. A líder do ranking chegou a salvar seis match-points, mas não evitou a derrota em sets diretos.

Sabalenka até fez mais winners na partida, 17 a 14, mas cometeu 29 erros não-forçados contra apenas 12 da norte-americana. Pegula conseguiu cinco quebras na partida e criou 14 break-points, atacando principalmente o segundo saque da rival. Já a número 1 do mundo quebrou apenas duas vezes o serviço da rival.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE