PLACAR

Pedretti e Candiotto vão às quartas no ITF de Mogi

Thaisa Pedretti. (Foto: Nelson Toledo)

Mogi das Cruzes (SP) – As paulistas Thaísa Pedretti e Ana Candiotto estão nas quartas de final do ITF W25 de Mogi das Cruzes, disputado nas quadras de saibro do Kosmos Clube. Nesta quinta-feira, as duas brasileiras venceram sua segunda partida na competição e são agora as únicas remanescentes do país na chave de simples. O Ano II – São Paulo Tennis Classic tem entrada gratuita no Kosmos Clube.

Enfrentando a argentina Melany Krywoj, 545ª do ranking e sétima pré-classificada do torneio, Pedretti precisou de 2h38 para vencer em três sets, com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2. Na próxima fase, ela terá pela frente mais uma cabeça de chave, a quarta favorita norte-americana Maria Mateas, número 297 do mundo, que superou a compatriota Anna Ulyashchenko por 6/3 e 6/1.

De volta ao circuito após 11 meses afastada por uma lesão na mão direita, Thaísa Pedretti está disputando apenas o seu terceiro torneio nesta temporada, depois de chegar em duas finais de M15 na Argentina. A tenista de 24 anos conquistou o título em Buenos Aires e ficou com o vice em Córdoba.

Também vindo de uma boa campanha em Monastir, na Tunísia, onde parou nas quartas de final em simples e foi campeã nas duplas, a 634ª colocada na WTA, Ana Candiotto, levou a melhor no duelo brasileiro contra a catarinense Maria Carolina Turchetto, atual 1217ª, pelo placar 6/2 e 6/3, em 1h42 de partida.

A jogadora de 19 anos enfrenta nas quartas de final a portuguesa Francisca Jorge, 266ª do ranking e segunda principal favorita da chave, que eliminou também nesta quinta a italiana Nicole Huergo por 6/2 e 6/4.

Outras brasileiras dão adeus

Também no ITF de Mogi das Cruzes, cinco tenistas do país foram eliminadas nas chaves de simples e duplas. No torneio individual, a quali Livia Daud acabou superada pela canadense Cadence Brace, sexta favorita, por 6/0 e 6/2.

Já a parceria formada por Nicolly Ferreira e Catarina Melleiro foi facilmente dominada pelas cabeças 1, a italiana Nicole Huergo e a lituana Justina Mikulskyte, que triunfaram por 6/0 e 6/1. Por sua vez, Camila Bossi e Sofia Mendonça se retiraram ainda no primeiro set quando perdiam por 4/0 para a norte-americana Zoe Hitt e a colombiana Yuliana Monroy, quartas pré-classificadas.

O Ano II – São Paulo Tennis Classic – 2023 é realizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo do Estado de São Paulo. Conta com o copatrocínio de Banco BRB, Shibata Supermercados e Bauducco. O evento é chancelado pela ITF, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Paulista de Tênis. A realização é do Instituto Sports.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Márcio
Márcio
2 meses atrás

A parceria da Thaísa com o Saretta vai dar certo!

Última edição 2 meses atrás by Márcio
Fernando S P
Fernando S P
2 meses atrás

Pelo ranking das cabecas, local e epoca do ano deve ser um W25.

Fernando S
Fernando S
2 meses atrás
Responder para  Fernando S P

Legal, fizeram a correção. Inicialmente, estava escrito ITF15.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
2 meses atrás

Parabéns guerreiras

Paulo A.
Paulo A.
2 meses atrás

Pedretti terá que jogar muito bem, de novo, para passar à semifinal. As demais brasileiras, exceto a Candiotto, ainda muito fraquinhas…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE