PLACAR

Paolini volta a bater Andreescu, Badosa derruba Kasatkina

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – Vivendo uma temporada mágica na carreira, a italiana Jasmine Paolini obteve mais um grande feito nesta sexta-feira e se garantiu pela primeira vez na carreira nas oitavas de final em Wimbledon. Assim como já havia feito na terceira rodada de Roland Garros, mais uma vez a atual número 7 do mundo derrotou nesta etapa a canadense Bianca Andreescu, agora com um triunfo em sets diretos, parciais de 7/6 (7-4) e 6/1 em 1h31 de partida.

Aos 28 anos, Paolini se torna a primeira mulher italiana a alcançar a segunda semana dos três primeiros Grand Slam do calendário. Vice-campeã em Paris, ela também chegou até a quarta fase no Australian Open. Ainda em 2024, conquistou o maior título da carreira no WTA 1000 de Dubai e fez sua estreia no top 10 após a inesquecível campanha na capital francesa há um mês.

O próximo desafio de Jasmine Paolini será diante da norte-americana Madison Keys, que bateu a ucraniana Marta Kostyuk por 6/4 e 6/3. Keys levou a melhor na única vez que enfrentou a italiana, cedendo apenas dois games em Dubai na temporada passada.

Quem avançar neste setor deve ter provavelmente outra americana pela frente nas quartas de final, uma vez que Emma Navarro já está garantida nas oitavas, depois de bater a russa Diana Shnaider com uma virada por 2/6, 6/3 e 6/4, e aguarda pela compatriota Coco Gauff, atual número 2 do mundo, ou a qualifier britânica Sonay Kartal.

Quali neozelandesa vence mais uma, Badosa elimina Kasatkina

Outra jogadora que veio da fase prévia e segue surpreendendo na competição é a neozelandesa Lulu Sun, apenas 123ª colocada do ranking, que desta vez bateu a chinesa Lin Zhu em dois tiebreaks, placar final de 7/6 (7-4) e 7/6 (8-6). A jogadora de 23 anos será a próxima rival da estrela da casa Emma Raducanu ou da grega Maria Sakkari, que se reencontram nesta sexta-feira.

Uma forte candidata para cruzar com alguém desse grupo nas quartas de final é Paula Badosa, que enfrentou um jogo duríssimo com 2h51 de duração diante da russa Daria Kasatkina, embalada pelo título em Eastbourne na semana passada, e conseguiu uma vitória por 7/6 (8-6), 4/6 e 6/4, depois de estar atrás por 2/4 no terceiro set.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Badosa chega às oitavas de final em Londres pela terceira vez em cinco participações e tenta enfim superar essa fase do torneio. “Chegar na segunda semana de um Grand Slam não é novidade para mim, mas esta é muito especial porque pouco tempo atrás não sabia sequer se voltaria a jogar tênis. Uma das razões pelas quais eu quis tanto voltar ao circuito é ouvir meu nome sendo gritado pela torcida”, destacou após o jogo a ex-número 2 do mundo, que enfrentou diversos problemas físicos nas últimas temporadas e despencou no ranking.

A atual 93ª colocada agora enfrenta quem passar do duelo entre Dayana Yastremska, a quem venceu no único duelo anterior, e Donna Vekic, naquele que seria um duelo inédito no circuito.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Oscar Riote
Oscar Riote
9 dias atrás

Que pena, preferia a Andreescu.
E a Badosa, otimo ver ela voltando a vencer!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE