PLACAR

Pablo Carreño não defenderá seu título no Canadá

Gijón (Espanha) – Campeão do Masters 1000 canadense no ano passado, em Montréal, o espanhol Pablo Carreño não defenderá seu título neste ano em Toronto. Se recuperando de uma lesão no cotovelo direito, ele também não vai disputar o Masters 1000 de Cincinnati e espera voltar a tempo para jogar o ATP 250 de Winston-Salem e depois o US Open.

Afastado do circuito desde fevereiro, Carreño sairá do top 100 quando tiver descontados os pontos da conquista no Canadá. O desconforto no cotovelo direito não foi totalmente curado e sua equipe médica está tratando a lesão, que o incomoda desde o final da temporada passada, com a maior preocupação possível.

Carreño tem apenas quatro partidas disputadas ao longo da temporada, divididas entre os torneios de Adelaide, Australian Open e Roterdã, com saldo de uma vitória e três derrotas. Ele já não conseguiu disputar Roland Garros e Wimbledon em 2023 e espera ao menos estar recuperado para participar do US Open.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE