PLACAR

Ostapenko é surpreendida por 164ª do ranking na BJK Cup

Jelena Ostapenko (Foto: Beatriz Ruivo/Federação Portuguesa)

Oeiras (Portugal) – A rodada desta terça-feira pelas eliminatórias regionais da Billie Jean King Cup foi marcada por uma derrota da número 10 mundo Jelena Ostapenko para a holandesa Suzan Lamens, apenas 164ª do ranking, que marcou as parciais de 7/6 (9-7) e 6/4 e ajudou seu país a derrotar a Letônia por 2 a 1 em confronto da Zona Euro-Africana I, que está sendo disputada nas quadras de saibro de Oeiras em Portugal.

Lamens, de 24 anos, conseguiu vencer Ostapenko duas vezes no mesmo dia. Isso porque ela também teve sucesso nas duplas, ao lado de Demi Schuurs, contra a top 10 e sua parceira Darja Semenistaja por 7/6 (7-3) e 6/3. No início da rodada, Semenistaja havia derrotado Eva Vedder por 6/2, 3/6 e 6/3.

Ao todo, 12 países estão jogando o Zonal em Oeiras. E os quatro melhores se classificam para a disputa dos playoffs, que acontecem no final da temporada, em novembro. Letônia e Holanda estão no Grupo B, ao lado de Turquia e Portugal. A equipe holandesa, que já venceu dois confrontos neste início de semana, já encaminha uma vaga nos playoffs.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

No Grupo A, a ex-número 1 do mundo Caroline Wozniacki ficou em quadra por apenas 30 minutos contra a austríaca Sinja Kraus. A dinamarquesa se retirou quando perdia por 6/0 e 1/0 na última segunda-feira. A Áustria fez 2 a 1 no confronto. Wozniacki também não jogou nesta terça, quando a Dinamarca venceu a Bulgária por 2 a 1. A última rodada será contra a Hungria. As austríacas lideram a chave.

O Grupo C tem Sérvia, Suécia, Grécia e Noruega. A número 6 do mundo Maria Sakkari está com o grupo, mas ainda não jogou. A liderança da chave é do time sérvio, com vitórias sobre as gregas e as norueguesas.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

E o tênis continua expondo uma de suas belezas: a imprevisibilidade! kk…

Márcio Weigan
Márcio Weigan
1 mês atrás

Jelena e sua eterna oscilação devem ser duras para quem torce por ela.
Claro que é talentosa, porém o foco parece uma kombi desgovernada descendo morro abaixo.

Albert
Albert
1 mês atrás

A alegria de ver a Osta perder.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE