PLACAR

Orlandinho fura o quali no Chile, Meligeni perde em Phoenix

Orlando Luz (Foto: Milko Ulloa)

Santiago (Chile) – O gaúcho Orlando Luz conseguiu furar o quali no challenger de Santiago e será o quinto brasileiro na chave principal. Nesta segunda-feira, ele superou a última rodada da fase qualificatória ao bater o chileno Ignacio Becerra em sets diretos, com parciais de 6/0 e 6/3.

Em contrapartida, a mesma sorte não teve o paulista Nicolas Zanellato, que ficou a uma vitória de furar o quali, perdendo para o romeno Gabi Boitan na última corada, com o placar final de 6/4 e 6/1.

Atual 373º do ranking, Orlandinho estreia na chave principal contra o argentino Renzo Olivo, 286º colocado. O gaúcho busca uma vitória inédita após três confrontos anteriores. Outros dois brasileiros enfrentam tenistas vindos do quali. O promissor carioca João Fonseca, de 17 anos e 342º do ranking, enfrenta o argentino de 27 anos Federico Agustin Gomez, 353º colocado. Já o paulista Matheus Pucinelli, 304º, encara o argentino Valerio Aboian, 478º colocado.

Além de Orlandinho, Fonseca e Pucinelli, também estão na disputa do challenger de Santiago o paulista Gustavo Heide, que estreia contra o tenista da casa Tomas Barrios Vera, principal cabeça de chave e 103º do ranking, enquanto o pernambucano João Lucas Reis desafia o argentino Juan Manuel Cerúndolo, cabeça 6.

Meligeni é eliminado na estreia em Phoenix
Já pelo quali do challenger de Phoenix, em quadras duras nos Estados Unidos, o paulista Felipe Meligeni foi eliminado na estreia. O jogador de 26 anos e 132º do ranking foi superado pelo experiente norte-americano de 30 anos Mitchell Krueger, 290º colocado, que marcou as parciais de 6/3 e 7/6 (7-1). O próximo compromisso de Meligeni será o quali do Masters 1000 de Miami e ele tentará repetir o feito do ano passado, quando venceu os dois jogos e entrou na chave principal.

Durante a partida de 1h30 desta segunda-feira, Meligeni sofreu três quebras de serviço no set inicial. Ele saiu perdendo por 4/0 e esteve o tempo todo atrás no placar durante a parcial. O brasileiro foi mais competitivo no segundo set, quebrou logo cedeo e chegou a liderar por 5/3, mas não aproveitou os dois set-points que teve e a chance de sacar para o fechar. Krueger devolveu a quebra e dominou o tiebreak para vencer o jogo.

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
F.F.
F.F.
1 mês atrás

Agora vai..,

Jose Silva
Jose Silva
1 mês atrás
Responder para  F.F.

excelente vitoria.

Scott
Scott
1 mês atrás
Responder para  F.F.

Um completo filme de terror!

Jorge Luiz
1 mês atrás

Parabéns Luz, Zanellato ganhou do Zorman que não quis jogar, primeiro adversário de verdade e ele já perdeu

gusatvo
gusatvo
1 mês atrás

meligeni perdendo quali de challenger para 290 do mundo. ta boa a fase…..

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
1 mês atrás

Fonseca e Pucinelli são favoritos. Demais tem jogos duros, são azarões. Heide se vencer será a maior vitória da carreira, contra o cabeça1 na casa dele, Reis tem que bater um top 200, ex TOP 80 e com título de ATP e Luz vencer um TOP300 experiente, ex TOP 80 Tb, que já o venceu três vezes.

Crésio Santana Pimenta
Crésio Santana Pimenta
1 mês atrás

Muito bom Landão, agora entra na disputa para mais um título. Se não der, volta pra casa!

Felipe
Felipe
1 mês atrás

Pessoal que nunca pegou uma raquete na mão não sabe o que é ser um 250, 300 do planeta.
O nível é muito parelho, difícil atravessar essa barreira e estourar para os ATPs…. viajam sozinhos, sem $$, não ganham praticamente nada de premiação…. para nós brasileiros que estamos longe dos epicentros do Tenis⁩ é muito complicado.
Aí vem os Zé ninguém aqui criticar falando só groselhas…. não sabem nem acertar a bola direito.

Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás
Responder para  Felipe

Amigo, a vida é difícil para todo mundo. Não é exclusividade de tenista brasileiro. Desde o tenista com os detalhes que você mencionou , até o torcedor que precisa pegar 2h de ônibus para trabalhar para ganhar 1 salário.

trackback

[…] resultado leva Orlando Luz às oitavas. Vindo do quali, o gaúcho de 26 anos e 373º do ranking desafia o peruano Juan Pablo Varillas, cabeça 2 do […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE