PLACAR

Nalbandian é acusado de instalar câmera para espionar ex

Foto: ATP Champions Tour

Buenos Aires (Argentina) – Araceli Torrado, ex-namorada do argentino David Nalbandian, denunciou o ex-tenista profissional assédio sexual, assédio e violação do lar. A modelo e influenciadora afirma que o ex-número 3 do mundo instalou uma câmera espiã em seu quarto, num contexto de assédio, perseguição e ciúme.

Segundo fontes judiciais procuradas pelo Clarín, o Ministério Público da cidade de Buenos Aires apresentou a denúncia duas vezes, mas o juiz rejeitou os pedidos de medidas probatórias e cautelares da denúncia. O advogado de Torrado, Martin Olari Ugrotte, disse que já recorreu dessa decisão e o Tribunal deve resolvê-la.

Depois que o escândalo se espalhou, Nalbandian conversou com o jornal argentino e se defendeu. “Já existe uma decisão do juiz, olhem bem antes de falar”, disse o ex-tenista profissional em referência à decisão da Justiça de apresentar a denúncia e não atender aos pedidos do advogado da modelo. “Eles querem dinheiro e fama”, acrescentou.

O Clarín consultou o Ministério Público de Buenos Aires sobre a denúncia e a resposta foi: “A denúncia foi apresentada duas vezes. Uma ex-namorada o denunciou, mas acabou sendo arquivado. Houve uma revisão do Tribunal e foi novamente arquivado, sustentando que não houve assédio devido à violência de gênero”.

Como parte da denúncia, Torrado apresentou um vídeo do momento em que seu irmão desmontou o duto de ventilação de seu quarto e descobriu a câmera. Ela também anexou áudios do WhatsApp e uma gravação da conversa telefônica entre ela e Nalbandian na qual ele reconhece o episódio.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
2 meses atrás

Olha.. complicado esse tipo de matéria, esse título da matéria pra dae o cara ler e ver q o órgão análogo ao Ministério Público Argentino recusou abertura de processo em 2 oportunidades por falta de evidências..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE