PLACAR

Musetti derruba Fritz e conquista 100ª vitória da carreira

Foto: Rolex Monte-Carlo Masters 2024

Monte Carlo (Mônaco) – A disputa da chave principal do Masters 1000 de Monte Carlo começou neste domingo com quatro partidas. Fechando o dia na quadra central do torneio, o italiano Lorenzo Musetti comemorou a 100ª vitória da carreira ao bater o norte-americano Taylor Fritz, cabeça de chave 13, com duplo 6/4 anotado em 1h25 de jogo.

Em duelo bastante equilibrado, com 15 bolas vencedoras para cada lado e vantagem de Fritz nos erros não forçados, anotando dois a menos (12 a 14), o melhor desempenho de Musetti no saque fez a diferença. Ele venceu 64% dos pontos disputados, contra 56% do rival, e converteu quatro dos cinco break-points que teve a seu favor, enquanto o norte-americano venceu dois em quatro.

O próximo adversário de Musetti ainda não foi definido, mas com certeza será um francês. Ele espera pelo vencedor do duelo de gerações, que de um lado tem o jovem Arthur Fils e do outro o experiente Adrian Mannarino.

A vitória mais tranquila do dia foi a do croata Borna Coric para cima do cazaque Alexander Bublik com duplo 6/1. “Eu estava me sentindo muito bem em quadra, fiquei muito satisfeito com meu desempenho. Não estava sacando muito bem, mas fiquei extremamente feliz com todo o resto. E a primeira partida no saibro não é fácil, por isso estou contente por ter terminado”, comemorou o vencedor.

Na segunda rodada, o croata terá pela frente o alemão Jan-Lennard Struff, que não deu bola para as conquistas de Sebastian Baez neste ano no saibro sul-americano, onde o argentino faturou dois títulos (Rio e Santiago) e levou a melhor de virada, com o placar final de 1/6, 7/6 (7-3) e 6/2. O germânico tem vantagem no retrospecto com Coric, venceu quatro dos seis embates anteriores.

O outro alemão que esteve em ação neste domingo não conseguiu avançar e caiu na estreia. Dominik Koepfer lutou por três sets com Tallon Griekspoor e foi derrotado com parciais de 7/6 (7-2), 4/6 e 6/2. Na segunda rodada, o holandês enfrentará o vencedor do duelo entre o suíço Stan Wawrinka e o australiano Alex de Minaur, cabeça de chave número 11.

 

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

pena que o Wild não está jogando…

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Eu acho bom, ainda mais depois da sua última baixaria, desta vez em Miami, onde o juiz precisou lhe dizer, com bons motivos: “O que mais você quer?”

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Torcendo pelo stans

Benhamin goveia
Benhamin goveia
1 mês atrás

No meio do jogo de Alexander Bublik, que é um tenista russo naturalizado cazaque, onde durou pouco mais de uma hora, ao ser vencido facilmente com as parciais de 6/1 e 6/1 pelo croata Borna Coric, o tenista do Cazaquistão cansou de jogar e entregou a raquete a uma boleirinha, convidando-a a ocupar o seu lugar em quadra. Foi engraçado, mas isso só prova que muitos tenistas não têm com o saibro uma história de amor, uma vez que não escondem que não se dão bem com o pó-de-tijolo e isso já esteve à vista nesse Masters 1000 de Monte Carlo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE