PLACAR

Murray busca virada e britânicos vencem a Suíça

Foto: Getty Images for ITF

Manchester (Inglaterra) – A equipe britânica da Copa Davis venceu mais um confronto pela competição e está na liderança do Grupo B, disputado em Manchester. Os britânicos contaram com uma grande atuação de Andy Murray nesta sexta-feira para superar a Suíça por 2 a 1. Embora também tenham vencido a Austrália na quarta-feira, a Grã-Bretanha ainda não está matematicamente classificada para as quartas, já que há chance de um triplo empate no grupo.

Murray ficou em quadra por 3h10 e superou o jovem suíço de 21 anos Leandro Riedi por 6/7 (7-9), 6/4 e 6/4. “Foi uma vitória incrível. Eu simplesmente continuei lutando, tentei manter o foco e consegui dar a volta por cima”, disse Murray na entrevista em quadra. Esta foi sua 33ª vitória em partidas de simples pela Copa Davis.

Depois de sair vencendo por 3/0 e liderar o set inicial por 5/2, Murray permitiu o empate e perdeu quatro set-points antes de o suíço fechar a parcial. No entanto, o ex-número 1 do mundo e atual 41º do ranking reagiu com duas quebras no segundo set e mais duas no terceiro.

O veterano de 36 anos passou por uma recente perda familiar e se emocionou ao falar sobre o momento. “Hoje é realmente um dia difícil para mim. É o funeral da minha avó. Sinto muito pela minha família por não poder estar lá, mas essa vitória é para você, vovó”.

Wawrinka iguala a série, mas britânicos vencem na dupla
O suíço Stan Wawrinka empatou o confronto ao vencer Cameron Norrie por 7/5 e 6/4. Com isso, a definição ficou para as duplas, com Daniel Evans e Neal Skupski vencendo Stan Wawrinka e Dominic Stricker por duplo 6/3.

A Suíça ainda não venceu nenhum confronto nesta fase de grupos da Davis e volta à quadra neste sábado para enfrentar a Austrália, que tem uma vitória e uma derrota. Já no domingo, os britânicos disputam a liderança da chave com a França, que venceu um confronto e perdeu outro.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE