PLACAR

Murray busca a virada em jogo de 2h50 e supera Berrettini

Foto: Maria Christina Acosta

Miami (EUA) – O tão esperado duelo entre Andy Murray e Matteo Berrettini pela primeira rodada do Masters 1000 de Miami terminou com uma vitória de virada do britânico nesta quarta-feira. Bicampeão do torneio, Murray precisou de 2h50 para vencer o italiano por 4/6, 6/3 e 6/4.

O histórico de confrontos entre Murray e Berrettini está agora empatado por 3 a 3, com o britânico levando a melhor nas duas últimas. Ano passado, ele venceu uma batalha de cinco sets e 4h50 na primeira rodada do Australian Open.

Ex-número 1 do mundo e atual 62º do ranking, Murray está com 36 anos e chega à sua quarta vitória na temporada. Com longo histórico de lesões e cirurgias no quadril, ele ainda não venceu duas seguidas na atual temporada. Seu próximo adversário é o argentino Tomas Etcheverry, 30º do ranking. Ele tem uma vitória e duas derrotas para o rival. Etcheverry não jogou em Indian Wells por lesão no tendão da coxa direita.

Por sua vez, Berrettini disputa apenas seu segundo torneio na temporada. O italiano de 27 anos ficou seis meses sem jogar por lesão no tornozelo direito. Ex-top 10, ele aparece atualmente no 142º lugar do ranking e chegou a uma final de challenger na semana passada em Phoenix.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Reconhecido como um dos grandes sacadores do circuito, além de contar com um forehand muito pesado, Berrettini começou melhor na partida, conseguiu uma quebra logo cedo e sustentou a vantagem até o fim do primeiro set, mesmo escapando de dois break-points na parcial. Murray equilibrou as ações também sacando muito bem no segundo set, com apenas quatro pontos perdidos em seus games de serviço. Ele aproveitou um breve momento de instabilidade no serviço do italiano para conseguir a única quebra da parcial.

Logo na abertura do terceiro set, o britânico voltou a quebrar e saiu vencendo por 2/0. Depois de ter errado um forehand e um voleio, ele se viu em 0-40. Mas ele conseguiu fazer bons games de saque e jogar de forma sólida do fundo de quadra para levantar o game. Depois disso, não correu mais riscos em seu serviço. Ele atacava o lado esquerdo do italiano, que variava entre o backhand batido com as duas mãos e alguns slices, e conseguiu consolidar a virada. Berrettini terminou o jogo com mais winners, 36 a 30, mas cometeu 44 erros contra 20 de Murray.

Machac vence convidado local e desafia Rublev
No mesmo setor da chave, o tcheco Tomas Machac venceu o convidado local de 16 anos Darwin Blanch por 6/4 e 6/2 em 1h20 de partida. Machac, de 23 anos e 60º do ranking desafia o russo Andrey Rublev, cabeça 5 do torneio e número 6 do mundo. O confronto é inédito no circuito e o tcheco busca a primeira vitória contra top 10.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
3 meses atrás

após mais uma maratona, próxima rodada ele perde de 6-1 6-0 . Já é previsível

Andre Borges
Andre Borges
3 meses atrás

Berrettini mais um aposentado em atividade né?

Neto
Neto
3 meses atrás

Opa!! O leão está sem dentes mas a gengiva também machuca!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE