PLACAR

Mouratoglou: “Alcaraz jogou mal contra Sinner e venceu no mental”

Foto: Cedric Lecocq/FFT

Paris (França) – O treinador Patrick Mouratoglou analisou a vitória de Carlos Alcaraz sobre Jannik Sinner nas semifinais de Roland Garros 2024 em vídeo divulgado em suas redes sociais. Apesar da vitória do espanhol, o francês descreveu sua partida como uma de suas piores a nível técnico, mas destacou que o nível mental foi decisivo para o resultado final.

“Alcaraz fez um dos piores jogos da sua carreira, tecnicamente falando, mas venceu o número 1 do mundo. A principal chave para a partida do espanhol contra o Sinner foi saber o que fazer quando nada funcionava. Você ainda pode vencer”, explicou Mouratoglou, que destacou o nervosismo de Alcaraz no começo do jogo como fundamental para seu desempenho ruim.

“Acho que o duelo não poderia ter sido pior para Carlos. Durante quatro sets ele esteve a um milhão de quilômetros de seu nível, não sentia a bola, não sentia as pernas e era extremamente lento em tudo que fazia porque o lado emocional tomava conta de tudo. Dava para quer com aquele 6/2 e 2/0 para Jannik, ele estava muito longe do seu nível”, observou Mouratoglou.

O treinador então salientou que as cãibras de Sinner acabaram ajudando o espanhol a se recuperar. “A parte física teve um papel importante porque Sinner pressionou bastante desde o início da partida, mas depois ele ficou um pouco mais apressado pela falta de preparação nos torneios anteriores”, disse o francês.

Mouratoglou destacou que o aspecto mental que atrapalhou Alcaraz no começo foi fundamental para a recuperação, sabendo suportar o momento ruim para reverter a situação. “Ele acha que há esperança, porque sempre há esperança. O aspecto mental deixou o Alcaraz muito longe do seu nível e ele quase perdeu, mas o aspecto mental também lhe deu a oportunidade de vencer e ir para a final”.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jose
Jose
8 dias atrás

A minha impressão é que os dois não estavam apresentando um bom tênis . Se tivesse um Nadal , Federer ou Djoko para chegar na semi nenhum dos dois teria chance.

Leonardo
Leonardo
8 dias atrás

São 2 em quadra, então quando um está jogando mal, pode ser porque simplesmente está mal, ou porque o outro está conseguindo anular os pontos fortes e explorar os fracos. O que eu vi no jogo foram momentos de altos e baixos dos 2. Sinner começou avassalador, Alcaraz começou a se recuperar no final do primeiro. Nenhum dos dois condeguiu manter o nivel alto e estavel por todo o jogo como faziam com maestria, Nadal, Federer ou Djokovic. Mas foi um jogo que poderia ir para qualquer lado. Obvio que o mental foi critico, mas acho que tiveram muitos fatores e muitos altos e baixos inclusive to Alcaraz, para dizer que ele “ganhou no mental”

Flávio
Flávio
8 dias atrás
Responder para  Leonardo

Este treinador esta de brincadeira falar uma asneira dessa, ele queria o que ora bolas são jovens e é normal o nervosismo tomar conta porque todos passam por isso, seja o big 3 ou qualquer outro aí ele vem falar m. , parece que não sabe o que é pressão na quadra, por isso é apenas treinador.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
8 dias atrás

ele é o jogador mais forte mentalmente que o circuito já viu

Claudio Daniel Camargo Herrera
Claudio Daniel Camargo Herrera
8 dias atrás

Mouratoglou e um grande treinador . mas ele como humano tbm erra. deveria focar no seu pupilo e evitar comentar sobre outros jogadores. menosprezar vitoria alheia e uma coisa bem feia Patrick.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE