PLACAR

Morto aos 95, Torben Ulrich fez oitavas em três Slam

Foto: Reprodução/YouTube

Morreu na última quarta-feira o escritor, músico, cineasta e ex-tenista Torben Ulrich. O dinamarquês tinha 95 anos e era pai do baterista Lars Ulrich, um dos fundadores da banda Metallica. A causa da morte não foi revelada.

Filho do também tenista Einer Ulrich, Torben chegou a figurar no top 100 do ranking mundial de simples, atingindo o 96º lugar em outubro de 1973, segundo a ATP. Em Grand Slam, seus melhores resultados foram as oitavas de final em Roland Garros (1959), Wimbledon (1959) e US Open (1953, 1956, 1964 e 1968).

Já nas duplas, foi semifinalista na grama de Londres em 1959 ao lado do austríaco Ladislav Legenstein e alcançou as quartas de Paris em 1968 com o alemão Ingo Buding. Em Nova York, chegou à penúltima fase na chave de duplas mistas com a norte-americana Julie Heldman, no ano de 1969.

De acordo com a Federação Dinamarquesa de Tênis, Ulrich defendeu o país em mais de 100 partidas na Copa Davis e conquistou dezenas de títulos nacionais.

Além disso, Ulrich era amigo pessoal do brasileiro Thomaz Koch, com quem jogou duplas. Juntos, foram considerados os “hippies do tênis”, por terem sido os primeiros a utilizarem cabelos compridos no circuito.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Eduardo Miranda
Eduardo Miranda
2 meses atrás

Esse indivíduo parece que aproveitou bem seus 95 anos! Com longevidade e qualidade!

Guilherme Souza
Guilherme Souza
2 meses atrás

Impossível fazer uma matéria falando do Torben Ulrich para o público brasileiro sem mencionar a amizade dele com o Thomaz Koch. Eles juntos, ligados à contracultura, mudaram a face do tênis mundial, desde comportamento, até vestimenta.
Duas lendas!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE