PLACAR

Monteiro lamenta lesão de Alcaraz e projeta duelo com Meligeni

Foto: Fotojump

Felipe Priante

Rio de Janeiro (RJ) – O cearense Thiago Monteiro conquistou nesta terça-feira a maior vitória da carreira, levando a melhor sobre o número 2 do mundo Carlos Alcaraz na estreia no Rio Open. Porém, o triunfo não veio da forma que ele gostaria, contando com a desistência do jovem espanhol depois de apenas dois games disputados, por conta de uma lesão no tornozelo do rival logo no começo da disputa.

“É estranho, foi no segundo ponto do jogo, ele acabou caindo e torceu o pé. Vendo de dentro da quadra não parecia grave, mas no telão vi que foi feio. Torço para uma recuperação rápida porque ele é uma grande estrela, um cara que domina nessa nova geração. A gente sabe que cada um se prepara tanto para estes torneios e acabar rápido por causa de uma lesão é chato”, falou Monteiro.

“Quando ele voltou, vi que ele estava mancando um pouco, mas não encarei como se ele estivesse machucado e tentei focar em fazer o que estava fazendo, mas não funcionou muito. Ele arriscou mais as bolas, então percebi que estava diferente, porque no começo ele costuma ir pegando mais ritmo, mas desta vez foi direto para as bolas e acabou me quebrando. Em seguida, consegui devolver bem, mexi ele um pouco mais, quebrei de volta e então ele foi para a rede”, acrescentou o cearense.

Além de lamentar a lesão de Alcaraz, o canhoto cearense também já projetou seu confronto de segunda rodada contra o amigo e compatriota Felipe Meligeni. “É um grande amigo com que dividi a equipe de Copa Davis nos últimos anos, e também dividimos a mesma equipe de preparação física na Argentina. Não joguei muitas vezes com ele, mas treinamos bastante juntos”, comentou o atual número 2 do Brasil.

“Ele superou uma batalha duríssima, passou por bons jogos no quali e vem confiante. É um jogo muito importante para os dois, preciso estar bem preparado para entrar firme e tentar avançar no torneio”, acrescentou Monteiro, que venceu Felipe na única vez que se cruzaram no circuito, quatro anos atrás no challenger de Punta del Este.

Monteiro não vê grande diferença em enfrentar um amigo no circuito. “É normal, cada um segue sua rotina. Ele tem seu time e eu o meu. Na quadra é competição, será um jogo importante para ambos na questão de pontos, prize money e ranking. É como se fosse qualquer outro adversário, tenho que me preparar bem”, comentou o canhoto de Fortaleza..

Questionado sobre as condições da quadra, o cearense garantiu que a lesão de Alcaraz foi uma fatalidade. “A quadra estava boa, foi uma infelicidade. Tivemos um jogo do (Stan) Wawrinka antes e não teve problema. Apesar da chuva, a quadra estava em bom estado, foi mais um acidente que pode acontecer com qualquer um. Espero que ele possa voltar o mais rápido possível”.

15 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo
Paulo
2 meses atrás

Morteiro deu uma sorte viu. Kkkkk

Paulo
Paulo
2 meses atrás

A cara dele de lamentação na foto da matéria kkkk

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
1 mês atrás

Com essa grande infelicidade do espanhol, vai perder muitos pontos e Sinner mesmo continuar ganhando, ainda está muito atrás do sérvio (1600 pontos), e Djokovic ainda pode somar tudo à partir de agora em Indian Wels e Miami e com isso tem grande chance de ficar na liderança do ranking até Winbledom…

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  Alexandre Monteiro

Cara, esqueça o Djokovic um pouco. Ninguém aqui quer saber dele numa noricia sobre um torneio brasileiro.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Faltam 2 meses pro Nolão ser o mais velho número 1 da história, falta pouco pra tirar mais uma façanha do Fedex kkk…

Henr
Henr
1 mês atrás
Responder para  Alexandre Monteiro

Mas vc gosta de provocar hein Alexandre!
Rsr

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás
Responder para  Alexandre Monteiro

nossa vc voltou? pqp kkkkkkk
ja vem esse cara falando de ranking, numero 1 e de djokovic.

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Wilton Bernardes

tênis pra ele é somente Djokovic

Henr
Henr
1 mês atrás
Responder para  Beto_poa

É muito fanatismo esse alexandre caramba!

Joselito
Joselito
1 mês atrás

Chuck Norris contou até o infinito (2x).
Monteiro bateu Alcaraz (2x).
Novak garantiu as semanas de number 1 de Nadal (2x).
Números impressionantes

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Com Wawrinka e Carlos caindo, parece que as chaves estão se abrindo pros brasucas, mas é só impressão mesmo. O Norrie e os argentinos são carnes de pescoço! O torneio tá bem interessante

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Jarry caiu ontem tbm. E muito mais competitivo q Norrie. Não sei pq nunca lembram do 1 da AL.

Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
1 mês atrás

Incrível a mudança de maré pro Monteiro, ein? Entrou fatalmente eliminado, com Alcaraz na R1. Por uma grande infelicidade, vai agora pegar o Meligeni nas oitavas, como favorito. Se chegar nas quartas, pode pegar o Diaz (que vem embalado, mas também de sequência longa), que venceu na campanha do título do ano passado, ou o Baez, de quem ganhou no próprio Rio Open em 2022. Indo mais além ainda (rs), numa eventual semifinal o principal cabeça vivo é o Fran Cerundolo, contra quem tem 3×0 no H2H. Já pensaram, Monteiro finalista do Rio Open??
Dito isso, espero que consiga pelo menos pegar essas quartas, oportunidade de ouro.

Tadeu Schmidt
1 mês atrás
Responder para  Bernardo Dornela

Até hoje só Bia Haddad (com o Finals ano passado q valia 700 pts), Maria Esther (múltiplos, 41 torneios maiores), Guga (em 14 torneios dos 22) e Koch (com o Título em Washington encima de Arthur Ashe). Tem títulos maiores que o Rio Open. Só 4. Se 1 Brasileiro ganhar já entra no Hall de Top5 brasileiros de simples, e Top3 de Homens com maiores Títulos.

Henrique
Henrique
1 mês atrás

Corrigindo. O Monteiro já ganhou do Alcaraz em 2021, no ATP 250 de Melbourne. 7×6 e 6×3. E ia ganhar de novo aqui, hahahahahahahahaha

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE