PLACAR

Monteiro fica com o vice em challenger no Uruguai

Foto: Uruguay Open

Montevidéu (Uruguai) – Depois de ter vencido quatro jogos na semana no challenger de Montevidéu, Thiago Monteiro ficou com o vice-campeonato no torneio em quadras de saibro no Uruguai. O atual número 2 do Brasil e 131º do mundo se retirou da partida contra o argentino Facundo Diaz Acosta, 111º do ranking, quando perdia por 6/3 e 4/3 após 1h37 de disputa neste domingo.

Monteiro chegou a receber atendimento médico na mão direita depois de ter sofrido uma queda em quadra no meio da segunda parcial. Mas naquele momento, Acosta já liderava por um set e quebra de vantagem, com 3/2 no placar do set. O cearense voltou à quadra e conseguiu jogar mais dois games antes de se retirar. Ele está inscrito para o Aberto da República, challenger que acontece em Brasília na próxima semana em quadras duras, e estreia contra um tenista do quali.

Esta foi a 15ª final de challenger na carreira de Monteiro, que tentava conquistar o décimo título da carreira. Este ano, ele foi campeão em Campinas. A derrota deste domingo foi a primeira em três jogos contra Acosta. O argentino de 22 anos e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, conquistou seu quinto challenger na carreira e o quarto na temporada.

Por ter alcançado a final na capital uruguaia, Monteiro recebe 60 pontos na ATP. Isso faz com que o canhoto de 29 anos suba para o 117º lugar na próxima segunda-feira. Ele tinha chance de se reaproximar dos 110 melhores em caso de título. Suas principais metas para o final da temporada são voltar ao top 100 e garantir vaga direta na chave principal do Australian Open de 2024.

No encontro entre dois jogadores canhotos e com condições mais lentas de quadra em Montevidéu, a partida começou com alguns games longos e o saque não era um fator tão determinante. Ainda assim, o set inicial teve apenas uma quebra. Acosta escapou de um break-point logo no primeiro game e aproveitou a chance que teve para sair vencendo por 3/1 e sustentar a vantagem até o fim da parcial. Logo no início do segundo set, o argentino saiu vencendo por 2/0, e novamente salvou o único break-point que enfrentou, antes da retirada de Monteiro no oitavo game.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE