PLACAR

Monteiro cede só três games e avança em 69 minutos

AON Open Challenger

Gênova (Itália) – A fase ruim do cearense Thiago Monteiro parece ter ficado para trás no momento em que pisou novamente nas quadras de saibro do challenger e Gênova, onde foi campeão no ano passado. Nesta sexta-feira, ele venceu mais uma e se garantiu na semifinal do torneio, arrasando o taiwanês Chun-Hsin Tseng, que veio do quali, com parciais de 6/2 e 6/1, apenas 69 minutos de jogo.

Cabeça de chave número 5 na competição, o canhoto de Fortaleza espera agora pela última partida das quartas de final do dia para conhecer seu próximo adversário. Ele terá pela frente quem passar do duelo entre o húngaro Zsombor Piros e o italiano Fabio Fognini, respectivamente quarto e sétimo pré-classificados.

Monteiro perdeu apenas dois pontos nos três primeiros games, todos eles logo no primeiro, quebrando de zero no segundo e confirmando também ser perder pontos no terceiro para abrir 3/0. Depois disso, ele administrou bem a vantagem, não cedeu break-points e conseguiu voltar a pressionar o rival no oitavo game, fechando a parcial com nova quebra.

A partida seguiu com domínio do brasileiro na segunda parcial. Tseng enfrentou break-points contra em todos os seus games de serviço, confirmou no primeiro deles, mas nos dois seguintes acabou amargando quebras. Monteiro acabou faturando cinco games seguidos com estes dois beaks e sacramentou sem sustos sua terceira vitória seguida

O cearense vinha de três derrotas consecutivas antes de Gênova, a primeira delas na segunda rodada do ATP 250 de Kitzbuhel e outras duas em estreias, no quali do US Open e no challenger de Como, na semana passada. Atual 118 do mundo, ele está subindo para o 116º lugar, mas só verá seus pontos do título ano passado em Gênova serem descontados no ranking de 25 de setembro.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE