PLACAR

ITF atualiza ranking e mantém nº 1 de Fonseca

Foto: Pete Staples/USTA

Atualizado às 16h49 com ranking refeito pela ITF

Londres (Inglaterra) – A Federação Internacional de Tênis recuou no ranking divulgado na manhã desta segunda-feira e manteve o carioca João Fonseca como líder do ranking mundial juvenil. Ele e o mexicano Rodrigo Pacheco têm os mesmos 2902,25 pontos e a princípio a ITF deu o desempate em favor de Pacheco. No começo da tarde, a lista foi atualizada, agora com o brasileiro na ponta.

Campeão do US Open, Fonseca não disputou novos torneios da categoria, enquanto o mexicano Rodrigo Pacheco ganhou 21 de seus últimos 22 jogos e empatou no total de pontos com o carioca – o ranking juvenil considera também os principais resultados de duplas de cada tenista.

Fonseca focou seu calendário juvenil nos grandes torneios, tendo sido quadrifinalista no Australian Open, Roland Garros e Wimbledon, além dos títulos no US Open e no 300 de Roehampton. Em duplas, atingiu a final do Australian Open, a semi de Wimbledon e as quartas do US Open. Canhoto de 19 anos, Pacheco foi campeão do 500 de Merida e dos 300 de Milão e Zapopan e foi o vice no Junior Finals.

O terceiro melhor do mundo em 2023 foi o austríaco Joel Schwaerzler, seguido dos norte-americanos Learner Tien e Cooper Williams. O mais jovem top 10 é o italiano Federico Cina, de apenas 16 anos.

Brasileiros no top 100
Além de Fonseca, mais três brasileiros aparecem entre os 100 primeiros do ranking masculino. Pedro Rodrigues aparece no 44º posto, seguido por Gustavo Almeida (76º) e Nicolas Oliveira (89), todos ainda com 17 anos e portanto com direito a competir na temporada 2024.

No feminino, Olivia Carneiro fechou o ano como 50º colocada e também poderá competir na próxima temporada junto a Sthefany de Lima, 215ª. Com 15 anos, Pietra Rivoli está no 244º e, com 14 anos, Victoria Barros atingiu o 248º lugar.

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
Jorge Luiz
6 meses atrás

Parece que vem uma safra boa, no feminino acredito na Bohrer, Victória é mais pra frente, assim como aquele menino goiano que eu não lembro o nome agora

Paulo A.
Paulo A.
6 meses atrás
Responder para  Jorge Luiz

Acho que é o Luis Miguel, de 14 anos mas já é um bom jogador.

Graciliano
Graciliano
6 meses atrás
Responder para  Jorge Luiz

Luís Miguel

Maurício
Maurício
6 meses atrás

Nilton Dalcin, Tênis Brasil, não entendo o Mexicano tem um resultado de 350 pontos para cair essa semana ou semana que vem que é do j500 plantation do ano passado, e como ele vai ficar na frente, se os dois estão empatados até descontar esses pontos do Mexicano, confere aí.

Gert
Gert
6 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Ele não está disputando.

Maurício
Maurício
6 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

É que no post vcs haviam colocado como o Mexicano iria terminar o ano como número 1, aí vcs atualizaram, mais obrigado Dalcim, e parabéns para o novo site.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE