PLACAR

Metade do top 10 de simples jogará duplas em IW

Lorenzo Sonego e Jannik Sinner (Foto: Clive Brunskill/Getty Images/ATP Tour)

Indian Wells (EUA) – O Masters 1000 de Indian Wells terá cinco tenistas do top 10 do ranking de simples disputando o torneio de duplas em 2024. Além do alemão Alexander Zverev, que formará parceria com o mineiro Marcelo Melo, estão inscritos na chave o italiano Jannik Sinner, o russo Andrey Rublev, o polonês Hubert Hurkacz e o australiano Alex de Minaur.

Dono de apenas um título na prova, conquistado em Atlanta na temporada de 2021 ao lado do norte-americano Reilly Opelka, Sinner jogará com o compatriota Lorenzo Sonego. Juntos, eles ajudaram a levar a Itália ao título da última Copa Davis e também fizeram quartas em Adelaide no início de 2023.

A estreia dos italianos será contra a parceria russa formada por Karen Khachanov, atual número 15 no ranking de simples, e Andrey Rublev, quinto colocado. Os dois, inclusive, possuem um título de Masters 1000 juntos, obtido em Madrid no ano passado. Os vencedores desse duelo podem encarar na sequência o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos, cabeças de chave 5, que estreiam contra os locais Christopher Eubanks e Ben Shelton.

Outra dupla 100% nacional será a dos australianos Alex de Minaur, atual décimo colocado no ranking individual, e Alexei Popyrin, que nunca jogaram juntos. Campeão em Cincinnati com o espanhol Pablo Carreño há quatro temporadas, De Minaur busca o segundo troféu da carreira. Porém, logo de cara ele terá o desafio de enfrentar o estadunidense Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, terceiros pré-inscritos da chave e atuais tricampeões do US Open.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Quem também estará na disputa é o polonês Hubert Hurkacz, hoje oitavo melhor jogador de simples, e que fará um dueto com o holandês Tallon Griekspoor. Eles, no entanto, não deram muita sorte no chaveamento e iniciarão campanha contra a segunda principal dupla do torneio, formada pelo croata Ivan Dodig e o norte-americano Austin Krajicek, que possuem oito títulos juntos, dentre eles Roland Garros e Monte Carlo em 2023. Hurkacz tem quatro troféus na prova, o último há dois anos na grama de Stuttgart.

Por fim, Alexander Zverev, ex-top 2 e atualmente sexto colocado nas simples, jogará ao lado de Marcelo Melo pela 14ª vez, tendo como melhores resultados as quartas de final de Cincinnati e Pequim no ano passado, de Monte Carlo em 2022 e de Shenzhen em 2017. Se passarem pela estreia diante do búlgaro Grigor Dimitrov, 13º no ranking individual, e do britânico Daniel Evans, o alemão e o brasileiro encaram quem passar do duelo entre Hurkacz/Griekspoor e Dodig/Krajicek.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo Mala
Paulo Mala
1 mês atrás

Alguém sabe dizer pq jogadores de simples jogam nas duplas em IW? Haveria cachê ou apenas para mais ritmo?

Henrique Max
Henrique Max
1 mês atrás
Responder para  Matheus Dalcim

Mas Indian Wells sempre teve essa característica de os jogadores de simples jogarem duplas, lembro que Federer, Nadal e Djokovic sempre jogavam… Sempre foi um torneio cheio de simplistas jogando duplas…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE