PLACAR

Mertens vence 10ª seguida em Monastir e fatura o bi

Foto: Mathias Schulz/WTA

Monastir (Tunísia) – Na final entre as duas principais favoritas, o retrospecto perfeito de Elise Mertens no WTA 250 de Monastir levou a belga ao bicampeonato na competição. Cabeça de chave número 2, ela venceu a italiana Jasmine Paolini com autoridade neste domingo, batendo a tenista mais bem cotada ao título em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/0, em apenas 70 minutos de jogo.

Esta foi a 10ª vitória consecutiva de Mertens na competição, onde ainda não sabe o que é perder. A belga também ampliou seu retrospecto positivo contra Paolini, somando quatro triunfos em cinco jogos. Com a conquista, ela levará para casa uma premiação de US$ 34.228 e 280 pontos no ranking, enquanto a italiana vice-campeã vai receber US$ 20.226 e 180 pontos.

Mertens vai recuperar seis colocações e voltará ao top 30, aparecendo no 30º lugar na lista da próxima segunda-feira, ainda um pouco abaixo da maior marca, o 12º posto. Por sua vez, Paolini baterá seu melhor ranking, aparecendo uma colocação a frente da belga, na 29ª posição da WTA.

O começo do jogo foi bem disputado, com chances para ambos os lados. Paolini teve as três primeiras oportunidades de quebra, no segundo game, não as aproveitou e logo em seguida foi quebrada. Só que a italiana reagiu rápido e devolveu o break na sequência. Após o 2/3 no placar, Mertens tomou as rédeas da partida e dominou o confronto.

A belga venceu os quatro games seguintes, com duas quebras consecutivas, para assim fechar o primeiro set. Depois de salvar dois break-points logo no primeiro game da segunda parcial, Mertens não deu mais chances a Paolini, anotou mais três quebras em sequência e fechou o jogo com um ‘pneu’, conquistado o oitavo título da carreira e o primeiro na atual temporada.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE